Mercado louco, teve de tudo um pouco. Do negócio que “pulverizou” o anterior recorde de transferências (Neymar tomou o lugar de Pogba) aos recordes de despesa por equipa (City, Chelsea, PSG, Milan e Barcelona investiram valores próximos ou superiores a 200M€), o Verão de 2017 será recordado por definir um novo patamar na aparente insanidade do mercado de transferências internacional.

E mais “louco” podia ter sido

Se tivermos em conta alguns dos negócios ou “ameaços” que acabaram por cair, percebemos que o fenómeno poderia, aliás ter ganho ainda maior dimensão, bastando para isso lembrar novelas como a de Coutinho, Lemar, Mahrez, Di Maria e até Mbappé (cujo efeito foi adiado para 2018 através de um empréstimo do Mónaco ao PSG).

A moment's silence for all the deals that didn't get done this summer 😢

تم نشره بواسطة ‏‎Bleacher Report Football‎‏ في 1 سبتمبر، 2017

Um top para a História

Para a História ficam os negócios confirmados, com nove dos 13 mais significativos a surgirem associados a compras de emblemas da Premier League, que vai cimentando cada vez mais uma posição hegemónica no mercado, mesmo tendo em conta que os dois maiores negócios do “defeso”, Neymar e Dembélé, lhe passaram ao lado.

Terá o Verão de 2017 sido um epifenómeno sem continuidade ou o assinalar do que virá por aí? O futuro o dirá, por agora fechamos com o histórico “top”, com um português (Bernardo Silva) nos primeiros dez para mais tarde recordar.

GoalPoint-Top-Summer-Transfers-2017-1-infog
Clique para ampliar / Valores via Transfermarkt

E já sabe… este ano cá estamos para lhe oferecer um acompanhamento “gourmet” das principais Ligas europeias, logo esta “rapaziada” estará sob atenta monitorização e não irão faltar GoalPoint Ratings. Vamos a eles!