O XI da 28ª ronda da Liga 20/21 ⭐

-

O caldo está entornado no topo da Liga NOS, que é como quem diz, a luta pelo título está acesa. Na quarta-feira, o Sporting recebeu a Belenenses SAD, esteve a perder por 2-0 e só manteve a invencibilidade graças a uma grande penalidade no último lance do encontro. Contudo, o empate em Alvalade e o triunfo do FC Porto em casa ante o Vitória de Guimarães encurtaram para quatro os pontos de vantagem dos “leões” sobre os “dragões”, ainda com seis jornadas por disputar. Está assim relançada a luta pelo ceptro nacional.

O Sporting de Braga, próximo adversário do emblema de Alvalade, venceu em casa, enquanto o Benfica reagiu à derrota na ronda anterior e goleou por 5-1 na casa de uma das equipas em melhor forma nesta segunda volta, o Portimonense. No rescaldo da jornada, o “onze” GoalPoint Ratings apresenta quatro equipas com dois representantes cada, isto sem que haja repetentes em relação à jornada 27, e com somente duas caras novas esta época. Vamos aos detalhes.

GoalPoint-Onze-jornada-28-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

Luiz Júnior (Famalicão) 7.5 – O Gil Vicente vinha de ganhar ao Benfica na Luz, mas o Famalicão não quis saber e “despachou” os barcelenses, em casa destes, por três golos sem resposta. Mas não foi só no ataque que as coisas correram bem, pois na baliza esteve uma autêntica muralha. O brasileiro fechou bem as suas redes com cinco defesas, três a remates na sua grande área, duas a disparos a menos de oito metros.

Cláudio Winck (Marítimo) 6.7 – Os insulares bateram o Rio Ave em casa por 1-0 e respiram um pouco melhor, embora ainda não se tenham livrado da zona de perigo. O lateral brasileiro esteve em excelente plano, a defender e a atacar. Na retaguarda registou sete acções defensivas, com destaque para três intercepções, e na frente ganhou os dois duelos aéreos ofensivos em que participou e rematou uma vez aos ferros da baliza visitante.

Sebastián Coates (Sporting) 7.2 – Mais um jogo extraordinário do central uruguaio, que foi novamente o “bombeiro” de serviço do Sporting em momentos de aflição. A perder por 2-0, Coates subiu no terreno e fez, de cabeça, o 2-1, lançando o ataque final à baliza da Belenenses SAD antes do empate. O defesa foi o mais rematador na partida, com cinco disparos, dois enquadrados, registou o máximo de passes certos (73), cinco acções com bola na área contrária e ganhou dez de 11 duelos aéreos, seis ofensivos e quatro defensivos.

Pepe (Porto) 8.1Jogo tremendo de Pepe, um dos principais responsáveis pelo facto de o Vitória de Guimarães praticamente não ter entrado na área portista. Além de quatro intercepções, o central recuperou 14 vezes a posse de bola, máximo do jogo, esteve muito bem no passe, com 81 certos (também registo máximo), e na frente fez dois passes para finalização, um deles criando uma ocasião flagrante.

Nuno Mendes (Sporting) 7.9 – O melhor em campo no empate do “leão” com a Belenenses SAD. Nuno Mendes fez um pouco de tudo, mas foi nos momentos ofensivos que brilhou, com números extraordinários. Dono do máximo de acções com bola (103), somou seis acções na área contrária, quatro dribles eficazes em oito tentativas, falhou somente dois de 63 passes (97% de eficácia), fez um passe de ruptura, seis passes para finalização e ainda ganhou uma grande penalidade.

Fransérgio (Braga) 8.4 – Os minhotos sofreram para bater o Boavista em casa e Fransérgio foi um dos motores desse triunfo. O médio fez um golo, de cabeça, enquadrou três de cinco remates, fez dois passes para finalização, quatro passes ofensivos valiosos, assinou nove acções com bola na área contrária (máximo da partida), ganhou três de quatro duelos aéreos ofensivos, e ajudou colectivamente com cinco acções defensivas no meio-campo contrário e três intercepções. Não fosse uma ocasião falhada e a sua nota tinha disparado.

Guga (Rio Ave) 7.7 – A visita vila-condense à Madeira não correu de feição, mas Guga esteve num patamar altíssimo. O médio foi mesmo o MVP nos Barreiros, com três remates, um ao ferro, uma ocasião flagrante criada em dois passes para finalização, sete passes longos completos em oito tentados, nove recuperações de posse, quatro acções defensivas no meio-campo contrário e sete desarmes (valor mais alto da jornada).

Iván Jaime (Famalicão) 7.6 – A grande figura da vitória folgada do “Fama” em Barcelos. O médio espanhol jogou apenas os últimos 26 minutos, mas teve um impacto enorme no jogo, com dois golos em quatro remates, dois deles enquadrados, isto tudo em somente oito acções com bola.

Pizzi (Benfica) 7.6 – O médio benfiquista regressou à titularidade e com estrondo. Pizzi foi o melhor em campo na goleada do Benfica em Portimão, comandando as “tropas” de Jorge Jesus quando estas se encontravam em desvantagem. Mesmo a fechar a primeira parte fez o 1-1 e acabou o jogo com três remates, dois enquadrados, três passes para finalização, cinco passes ofensivos valiosos, 91% de eficácia de passe e sete acções com bola na área contrária.

Nico Gaitán (Braga) 9.0A grande figura da jornada saiu da Pedreira. As lesões têm complicado a vida a Gaitán, mas quando está bem, o seu futebol é de outro nível, e frente ao Boavista esteve extraordinário. Ao todo somou sete passes para finalização, máximo da ronda, dos quais dois criaram ocasiões flagrantes e um foi mesmo uma assistência, e ainda assinou um passe de ruptura, seis passes ofensivos valiosos, 12 progressivos eficazes, cinco acções defensivas no meio-campo contrário e três desarmes. Bem-vindo de volta às grandes exibições, Nico.

Haris Seferović (Benfica) 7.2O suíço voltou a fazer das suas, após ficar em branco na derrota com o Gil Vicente. Seferović aproveitou da melhor forma os espaços que ganhou na frente após a entrada de Darwin Núñez para bisar na partida e reassumir o comando da lista de melhores marcadores da Liga NOS, com 18 golos. Ao todo fez quatro remates, dois enquadrados, somou cinco acções com bola na área contrária e participou em dez duelos aéreos ofensivos, tendo ganho cinco.

Fechamos com os jogadores que lideraram o “barómetro” de algumas das variáveis mais relevantes, na jornada finda:

GoalPoint-Tops-Jornada-28-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 28ª jornada da Liga NOS 20/21, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA | J28SUMGPRMVPPAS
xG
0-2
0-0
1-0
2-1
2-2
2-1
0-3
1-5
1-0

TotoRating Banner

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.