O XI da 29ª ronda da Liga 20/21 ⭐

-

A 29ª jornada não passará despercebida a ninguém nos próximos tempos, por vários motivos. Esta foi uma ronda de emoções forte, a começar pelo jogo grande, entre o quarto classificado Braga e o líder Sporting que, mesmo reduzido a dez elementos desde os 18 minutos, arrancou uma moralizadora vitória na Pedreira, por 1-0. A seguir, o Porto foi a Moreira de Cónegos empatar 1-1, tendo conseguido a igualdade de penálti e marcado um golo nos descontos que foi anulado. Com tudo isto o “leão” ficou mais líder ainda, com seis pontos de vantagem, o Benfica aproximou-se dos “dragões” (quatro pontos), após vencer com muita dificuldade o Santa Clara na Luz. Querem mais emoção ainda?

Quanto ao “onze” GoalPoint Ratings da jornada temos também algo inédito. Pela primeira vez os “titulares” representam todos clubes diferentes. São 11 emblemas de uma assentada, sem repetições, facto embelezado ainda pela configuração pouco habitual, um 3-4-3, mas aí a culpa já é nossa. Destaque para a presença de um repetente em relação à jornada 28 e quatro estreantes em 2020/21. Vamos aos detalhes.

GoalPoint-Onze-jornada-29-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

Beto (Farense) 7.5 – O jogo que fechou a ronda foi, talvez, um dos melhores dos últimos tempos na Liga. Farense e Portimonense protagonizaram um espectacular dérbi algarvio, com empate, ataques constantes e grandes defesas de Beto. O veterano guardião evitou o triunfo visitante com cinco defesas, quatro a remates na sua grande área, sendo o melhor em campo. Uma bela estreia nestes “onzes” esta temporada.

Diogo Gonçalves (Benfica) 7.1 – O Benfica sofreu a bom sofrer para bater o Santa Clara, tendo sido vulgarizado em alguns períodos. Um dos poucos “encarnados” a manter-se “à tona de água” foi o jovem lateral Diogo Gonçalves, em especial a atacar. Os três desarmes e cinco recuperações de posse são os valores defensivos mais relevantes, mas na frente fez uma assistência, criou duas ocasiões flagrantes em três passes para finalização e teve sucesso nos três cruzamentos que realizou.

Chancel Mbemba (Porto) 7.8 – E chegamos já à grande figura da jornada, também ele em estreia esta época nos “onzes”. O central portista jogou apenas cerca de uma hora no empate do Porto em casa do Moreirense, saindo lesionado – está em dúvida para o Famalicão -, mas fez o suficiente para registar o melhor rating do jogo e da ronda. O congolês criou uma ocasião flagrante em quatro passes para finalização, acertou 92% dos passes, dez dos quais progressivos, e ganhou os três duelos aéreos defensivos em que participou. Merecia mais, mas a sua equipa esteve em noite de desperdício ofensivo.

Sebastián Coates (Sporting) 7.4 – Que jogo tremendo do capitão do Sporting na Pedreira. Com a sua equipa reduzida a dez elementos desde muito cedo, desta feita Coates não pôde subir no terreno como tanto gosta, recuando para liderar os “leões” numa épica batalha para manter a sua baliza inviolada. E teve sucesso. O uruguaio esteve irresistível, com números incríveis que tivemos a oportunidade de escalpelizar em primeira mão, com profundidade que só nós podemos oferecer. O central foi o melhor em campo, com incríveis cinco intercepções, nove alívios, três bloqueios de remate e cinco recuperações de posse.

Nahuel Ferraresi (Moreirense) 7.3 – O “carrasco” do FC Porto. Ou pelo menos esteve perto de o ser. O central venezuelano, que chegou a Portugal precisamente para vestir de “azul-e-branco”, fez o golo dos homens de Moreira de Cónegos, somou sete recuperações de posse, quatro intercepções e nove alívios, afastando de qualquer forma o perigo portista.

Nuno Sequeira (Braga) 6.7 – Muito o Braga tentou, de todas as maneiras, marcar um golo ao Sporting, aproveitando a superioridade numérica. Mas não o conseguiu. Pelo flanco esquerdo, Sequeira arrancou seis cruzamentos, tendo um chegado a um colega de equipa na área. O lateral completou 91% dos passes que realizou, recuperou nove vezes a posse de bola e fez quatro intercepções.

Anderson Carvalho (Santa Clara) 7.6 – Enorme jogo do médio do emblema açoriano, o melhor sobre o relvado do Estádio da Luz. Anderson fez o golo da sua equipa, marcando pela segunda vez no campeonato português… e sempre ao Benfica. Ao golo juntou dois passes para finalização, quatro acções defensivas no meio-campo benfiquista, oito recuperações de posse e seis desarmes, máximo da partida e da jornada. Outra das estreias esta época.

Jaume Grau (Tondela) 6.8 – Pé ante pé os beirões vão cimentando uma segunda volta de grande nível, tendo sido mesmo a terceira melhor equipa dos últimos cinco jogos. Em Famalicão estiveram a perder por 2-0, mas empataram com dois golos nos descontos da primeira parte. Jaume Grau, médio espanhol de 23 anos emprestado pelo Osasuna, esteve em grande destaque, completando a totalidade dos 21 passes que realizou, aos quais juntou quatro intercepções e cinco alívios. Não perdeu a bola em nenhuma das 39 ocasiões em que a teve e ainda fez cinco recuperações.

Ivo Rodrigues (Famalicão) 7.2 – Mas o melhor em campo nessa mesma partida foi o extremo-direito do Famalicão. Ivo fez um golo, uma assistência em dois passes para finalização, quatro passes ofensivos valiosos e ainda recuperou a bola em seis ocasiões, sendo o principal foco de desequilíbrio da partida.

Fabrício (Portimonense) 6.8 – Em diversos períodos os homens de Portimão empurraram os de Faro para a sua defesa e, nessas fases, o brasileiro Fabrício esteve em grande destaque. Além de ter sido o mais rematador da partida, com cinco disparos, o atacante enquadrou dois, acertou uma vez nos ferros e participou em sete duelos aéreos ofensivos, tendo ganho quatro.

Pedro Marques (Gil Vicente) 7.1 – O ponta-de-lança de serviço é o jovem do Gil Vicente, emprestado pelo Sporting. Pedro Marques fez um golo na derrota da sua equipa no Jamor, ante a Belenenses SAD, enquadrou dois de quatro remates, registou quatro acções com bola na área “azul” e teve sucesso nas duas tentativas de drible. Outra bela estreia nos “onzes”.

Fechamos com os jogadores que lideraram o “barómetro” de algumas das variáveis mais relevantes, na jornada finda:

GoalPoint-Tops-Jornada-29-Liga-NOS-202021-infog
Clique para ampliar

São estes os melhores da 29ª jornada da Liga NOS 20/21, parabéns!

Confira, jogo a jogo, os números que justificam a eleição dos melhores, na tabela de acompanhamento dos jogos GoalPoint, actualizada poucos minutos após o término de cada encontro da Liga NOS! Pode também encontrar todo o histórico da época neste “link”.

LIGA | J29SUMGPRMVPPAS
xG
0-1
1-1
0-1
2-1
2-1
1-0
2-2
1-1
1-1

TotoRating Banner

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.