Liga NOS | O XI GoalPoint Ratings de Março! ⭐

-

O “onze” do mês está de volta, e os GoalPoint Ratings definiram mais uma vez aqueles que estiveram em plano de destaque entre a 24ª e a 26ª jornada, as rondas que marcaram o mês de Março. Muitas alterações ocorreram relativamente ao mês passado. Aliás, relativamente a Fevereiro não há qualquer repetente, embora haja nomes que se habituaram a figurar entre os melhores. E há um clube em destaque.

Março foi um mês de grande fulgor para o FC Porto e para um jogador do Sporting em particular, Bas Dost, que não se cansa de marcar golos. Mas o melhor do mês é do Benfica. Pizzi consegue repetir o feito de Novembro, apesar de menos brilhante que na primeira metade do campeonato. O médio pode não influenciar tanto o futebol ofensivo do Benfica mas a verdade é que todo o futebol da equipa de Rui Vitória passa pelos seus pés. Quanto aos “dragões”, colocam nada menos que cinco atletas neste “onze”, dominando quase na totalidade na defesa, o que só admira quem não vê, a olho nú, o que a estatística confirma com naturalidade.

Confira os 11 jogadores que mais se destacaram pelo rendimento estatístico nas últimas três jornadas e o que fizeram digno de destaque, nas notas seguintes:

  • Patrick (Marítimo) 6.52 – É já habitual termos defesas do Marítimo nestes nossos “onzes” mensais. Desta feita é o lateral-direito Patrick. Esteve em grande a defender, com 18 recuperações de bola, 16 de 22 duelos ganhos, oito desarmes e quatro intercepções. E ainda realizou dois passes para ocasião.
  • Felipe (FC Porto) 6.36 – A defesa de Março é quase toda composta por jogadores do Porto. O brasileiro contribuiu para a solidez defensiva do “dragão” com 17 alívios, seis desarmes, 20 recuperações de bola, 16 de 20 duelos ganhos, nove duelos ganhos em 11 e foi o defesa mais rematador, com seis disparos, quatro deles enquadrados. Só lhe faltou o golo.
  • Marcano (FC Porto) 6.19 – O colega do brasileiro no eixo da defesa portista também está nesta equipa de Março. O espanhol, tal como Patrick e Felipe, também participou em 22 duelos e ganhou 16, mas ganhou também 11 de 15 duelos aéreos, registou nove intercepções, 21 recuperações de bola e fez um passe para ocasião. A época em grande dificilmente lhe escapa.
  • Alex Telles (FC Porto) 6.99 – O lateral-esquerdo é um caso sério a atacar. Não marcou nenhum golo, mas registou neste período uma assistência e um máximo de 12 passes para ocasião (o segundo, Pedro Rebocho, do Moreirense, apenas seis). Recuperou ainda a bola 19 vezes, ganhou 12 de 20 duelos e registou nove intercepções. E está na luta pelo título de “rei das assistências” da Liga.
  • Pizzi (Benfica) 7.62 – Um habitué neste “onze”, com a quinta presença em oito meses. É pela segunda vez o Jogador do Mês GoalPoint, depois de o conseguir em Novembro. Um golo, seis passes para ocasião e um recorde de 329 toques na bola atestam a importância do médio no Benfica.
  • Óliver Torres (FC Porto) 7.29 – Está em crescendo. Muito poderiam duvidar da utilidade de Óliver num sistema de 4-4-2, mas o jovem espanhol tem espalhado magia. Neste período fez um golo, cinco passes para ocasião e duas assistências, mas também recuperou a bola 30 vezes e realizou dez desarmes, que correspondem a 90% de eficácia. Está em todo o lado.
  • Brahimi (FC Porto) 6.99 – Nuno Espírito Santo já não prescinde de Brahimi. O argelino regressou à melhor forma e em três jogos fez um golo e uma assistência (em cinco passes para ocasião). Ganhou 32 de 53 duelos e teve sucesso em 18 de 27 tentativas de drible.
  • Marega (V. Guimarães) 6.36 – O franco-maliano está de novo endiabrado. Em três jogos marcou dois golos e fez uma assistência na sequência de três passes para ocasião. Enquadrou cinco dos seus dez remates e ganhou 13 de 23 duelos.
  • Maurides (Belenenses) 6.94 – Regressado a Portugal, Maurides está a deixar a sua marca. Em três jogos marcou dois golos e fez cinco passes para ocasião, para além de uma assistência Participou em 41 duelos, ganhou 21, e foi quem mais remates enquadrou, nove, em 14 tentativas.
  • Bas Dost (Sporting) 7.15 – O holandês está imparável. Marcou seis golos em três jogos (quatro deles numa só partida) e tem sido o autêntico “abono de família” do Sporting. Registou ainda uma assistência e enquadrou oito dos seis dez remates. O Sporting pode já não atingir os títulos mas o holandês está, por mérito próprio, na corrida à Bota de Ouro.

Banner_UNICEF_GOAL_3Parabéns aos eleitos!

Clique para conferir o melhor XI GoalPoint Ratings Liga NOS de:

🔸 AGOSTO 2016 🔸 SETEMBRO 2016 🔸 OUTUBRO 2016 🔸 NOVEMBRO 2016 🔸 DEZEMBRO 2016 🔸 JANEIRO 2017 🔸 FEVEREIRO 2017

Nota metodológica: “Onze” elaborado tendo em conta o GoalPoint Rating médio de todos os jogadores que cumpriram um mínimo de 180 minutos jogados na Liga NOS.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR