Liga NOS | O XI GoalPoint Ratings de Outubro! ⭐

-

A eleição de Eduardo Salvio como jogador do mês já deixava uma pista para o que seria a composição do onze ideal do mês de Outubro. O Benfica ganhou os seus três jogou com um saldo de nove golos marcados e zero sofridos. É assim sem espanto que coloca cinco jogadores entre os melhores.

Apesar do empate em Setúbal, o Porto também acabou por ter um mês positivo. A baliza de Casillas não viu entrar nenhum golo, o que se deveu em boa parte às boas exibições dos aqui representados, Alex Telles e Danilo Pereira. Mas também no ataque, Diogo Jota ficou muito perto de ser eleito como o melhor em Outubro.

Marítimo, Arouca e Sporting são os restantes clubes a figurar neste “onze”, mas vamos à explicação, um a um, para as razões da presença no elenco do mês.

goalpoint-ratings-xi-outubro-2016-liga-nos-201617-infog
Clique para ampliar

  • Gottardi (Marítimo) 6.10 – A chegada de Daniel Ramos aos Barreiros teve um impacto positivo na equipa do Marítimo, mas as boas exibições de Gottardi também têm tido um carácter decisivo. O brasileiro brilhou sobretudo na vitória em Setúbal com um rating de 7.2 e defendeu 78% dos remates enquadrados que enfrentou em Outubro.
  • Nelson Semedo (Benfica) 6.63 – Está a regressar à grande forma da época passada. Concretizou eficazmente 56% dos cruzamentos que efectuou em Outubro e registou uma média de 2,7 dribles eficazes por jogo, a maior entre os laterais. Essa capacidade técnica valeu-lhe ainda uma média de três faltas sofridas a cada jogo, o que também foi registo máximo na sua posição.
  • Jubal (Arouca) 6.51 – Apesar da derrota esteve em grande nível no Dragão, e logo no jogo a seguir foi o melhor em campo no regresso da sua equipa às vitórias. A média de 3,3 desarmes por jogo foi a melhor entre os centrais, registando ainda quatro intercepções (só superado por Fábio Cardoso) e cinco alívios por cada 90 minutos em campo. Na próxima jornada vai a Alvalade.
  • Rúben Semedo (Sporting) 6.69 – O Sporting sofreu muitos golos em Outubro mas Rúben Semedo continua a mostrar a sua boa forma. Foi o central que mais duelos aéreos ganhou por jogo (4,7) e recuperou a posse bola a uma média de 11,7 por jogo, a melhor entre todos os jogadores da Liga NOS.
  • Alex Telles (Porto) 6.69 – Pelo segundo mês consecutivo volta a constar no XI do mês. Em Outubro mostrou uma incomum eficácia no jogo aéreo para um lateral (9 duelos ganhos em 10 disputados) e voltou a criar um elevado número de ocasiões de golo, duas a cada jogo, só superado pelo seu companheiro Miguel Layún.
  • Danilo Pereira (Porto) 6.46 – Mais um repetente em relação ao mês passado e a muitas outras eleições estatísticas. Em Outubro venceu 73% dos seus duelos aéreos, acertou 89% dos passes e recuperou a posse de bola 9,7 vezes a cada jogo, a mais alta média entre os médios defensivos.
  • Pizzi (Benfica) 7.12 – Agora a jogar no centro do terreno, está na melhor forma da época. Marcou um golo, fez uma assistência, e foi de longe o jogador que mais oportunidades de remate criou a cada jogo (3,7). Como se não bastasse ainda terminou o mês com uma eficácia de passe de 89%, número incrível na posição que ocupa.
  • Salvio (Benfica) 7.58 – Já foi quase tudo dito no artigo próprio a que teve direito, como jogador do mês. Também está de volta à boa forma e foi entre outras coisas o mais rematador do mês (5,7 / jogo), 47% deles enquadrados.
  • Cervi (Benfica) 7.08 – E se lhe dissermos que Franco Cervi foi o quarto jogador com a mais alta média de desarmes por jogo (3,9) em Outubro? Isto diz bem da capacidade defensiva que oferece à equipa, mas além disso ainda registou uma assistência e um golo, e fez 2,4 remates a cada 90 minutos.
  • Diogo Jota (Porto) 7.56 – Com um golo a cada 75 minutos, só Marega (um a cada 52) facturou com mais frequência que ele. No entanto no que toca a enquadrar remates com a baliza foi mesmo ele o melhor do mês, com uma impressionante média de 3,2 a cada jogo. A tudo isto ainda somou duas assistências. O prémio de melhor do mês também lhe ficava bem.
  • Gonçalo Guedes (Benfica) 6.95 – O GoalPoint Rating de 9.0 que “sacou” na última jornada foi a melhor exibição estatística do mês de Outubro. Para além disso marcou um golo, assistiu para outro, e acertou seis dos sete dribles que tentou e 36% dos cruzamentos.

Parabéns aos eleitos!

Clique para conferir o melhor XI GoalPoint Ratings Liga NOS de:

Nota metodológica: “Onze” elaborado tendo em conta o GoalPoint Rating médio de todos os jogadores que cumpriram um mínimo de 180 minutos jogados na Liga NOS.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR