Opinião | Bruno Fernandes, a despedida do alérgico a desculpas

-

Naquela que terá sido a sua última jornada de Liga NOS nos próximos tempos, Bruno Fernandes foi o escolhido por 65% dos GoalPointers participantes no nosso TotoRating como provável MVP do Sporting – Marítimo. Nenhum jogador recolheu tanta unanimidade em qualquer outro jogo, uma tendência habitual nos últimos tempos. Resultado? Mesmo sem marcar, o “patrão” leonino somou a sua 27ª eleição como MVP GoalPoint Ratings em 83 jogos, isto apenas na Liga NOS, ao serviço do Sporting.

A regularidade, qualidade e influência de Bruno Fernandes já não admirava ninguém, chegados à sua terceira época ao serviço dos “leões”. Os seus méritos, dos mais fáceis de quantificar estatisticamente, encheram páginas de conteúdo GoalPoint, desde a sua chegada, em Julho de 2017. E se, no decurso da sua primeira época, os seus ratings e “apenas” nove eleições como MVP GoalPoint na Liga 17/18 geraram protestos dos adeptos do seu futebol, chegados a esta altura o “trolling” ao qual somos sujeitos nas redes sociais provinham apenas daqueles que, do fundo do sua fraca capacidade de percepção do óbvio, questionavam o estatuto de invariável “chosen one” que o nosso algoritmo vinha reservando para o capitão leonino, no último ano.

GoalPoint-Bruno-Fernandes-despedida-Liga-NOS-2020-infog
Clique para ampliar

A presença futebolística de Bruno Fernandes nos últimos três anos não carecia já de grandes constatações métricas, mas o nosso “lord of the metrics” Hernâni Ribeiro, responsável pela GoalPoint Pro, destacou esta quarta-feira um bom exemplo da riqueza e profundidade que o desempenho do capitão leonino permitiu apurar.

No meu caso prefiro destacar uma característica que, comprovada em todos os números de Bruno Fernandes, escapa aos radares do “analytics”: a sua invulgar capacidade de mostrar o seu melhor futebol alheio a todas as dificuldades que o rodeiam. O “8” chegou a Alvalade para viver aquele que tem sido talvez o triénio mais complicado da História do clube. O seu “pior” GoalPoint Rating acumulado 6.76 aconteceu curiosamente na época em que esteve teoricamente mais bem acompanhado e melhor treinado (Jorge Jesus), a primeira. Seguiram-se um 7.15 na Liga 18/19 (e eleição como Melhor Jogador GoalPoint Ratings Liga NOS da temporada), com o médio a despedir-se agora com um 7.13 (e eleição como Melhor Jogador da primeira volta da Liga em curso), em duas épocas de navegação à vista no futebol leonino.

Em momento algum Bruno enjeitou carregar o “leão” às costas. Às suposições de quebra de rendimento respondeu sempre com crescente influência e afirmativa produtividade, dando sempre a volta por cima. Às críticas de alguns adeptos para com a sua reacção (rescisão) ao episódio de Alcochete reagiu com mais e mais futebol. O whatsapp pode ter registado os seus desabafos, mas o capitão nunca deixou de mostrar, em campo, o porquê de o Sporting estar prestes a perder provavelmente o melhor jogador que envergou a sua camisola nas últimas décadas.

Bruno Fernandes despede-se assim da Liga NOS como um dos jogadores que melhor compôs o nosso trabalho, desde que nascemos (2014). E não deixa de ser curioso vê-lo competir à eleição de uma das mais certeiras contratações da história recente dos “grandes”, tendo ele sido escolhido pelo clube que menos rumo estratégico mostrou, no capítulo das aquisições, neste século.

PS – Não podia deixar de relembrar a primeira vez que escrevemos algo sobre Bruno Fernandes, ainda nos primeiros seis meses da nossa existência, tinha o “craque” 20 anos, neste link. É bom constatar que a realidade ultrapassou a previsão optimista que Miguel Pontes lhe dedicou, em Dezembro de 2014.

Pedro Ferreira
Pedro Ferreirahttps://goalpoint.pt
Co-fundador da GoalPoint Partners, em 2014. Desempenhou entre 2011 e 2013 os cargos de Secretário-Geral da SAD do Sporting Clube de Portugal, Director da Equipa B e da Academia Sporting.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR