Ao contrário do que se dizia por aí Jorge Jesus não integra o top dos 10 treinadores mais bem pagos do mundo. Mas há um português no top três.