A Champions League está de volta! Por esta altura, das equipas portuguesas apenas o Benfica se mantém em prova, embora o duelo contra o Zenit legitime a ambição dos “encarnados” chegarem mais longe. Não só pela importância da competição, mas também pelo convite que fizemos recentemente a todos os goalpointers a participarem na inovadora Fantasy League RealFevr / GoalPoint (a primeira em Portugal com dados Opta), nada como apresentar os líderes de desempenho (alguns pela negativa) da mais apaixonante prova de clubes do velho continente.

Se já decidiu participar na nossa “fantasy” (ainda o pode fazer até esta terça-feira pelas 18h45), tem aqui tudo o que precisa para escolher o seu plantel. Se, por outro lado, apenas quiser saber quem são os destaques individuais que vão a jogo a partir e agora, aqui estamos nós, como sempre, para o ajudar.

Vamos a isto!

Os rematadores

Os melhores da Champions League 15/16
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

Para haver golos tem de haver remates e nesse domínio o líder da Champions é bem conhecido e familiar: Cristiano Ronaldo, que não só dispara mais do que qualquer outro jogador na prova (8,5 remates p/ 90m) como o faz também com maior acerto: quatro remates enquadrados em média. Ninguém chega perto de CR7, sendo que o melhor benfiquista é (surpreendentemente) Raúl Jiménez, com cerca de dois remates enquadrados por 90 minutos disputados.

Os concretizadores

Os melhores da Champions League 15/16
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

O melhor marcador da UCL 15/16, com 11 golos, todos sabemos quem é (Cristiano), mas mais do que o número de golos, disponível em qualquer site que se preze, importa sim perceber quem são os goleadores que melhor aproveitam os remates que efectuam. E nesse capítulo o grande “matador” é Artem Dzyuba (Zenit), adversário do Benfica. Com seis golos marcados o russo concretizou 43% dos disparos que somou até agora, batendo a concorrência. Seguem-se Willian (38%) e Giroud (33%), ambos com cinco golos. Longe de ser um goleador, Nico Gaitán surge, apesar de tudo, com a “águia” mais concretizadora, com os três golos amealhados a representarem 19% dos “tiros” do argentino na Champions.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: OS MUNICIADORES