DDybala sucede a Neymar. Os adeptos do Barcelona não descartariam ver esta frase como título dos jornais da Catalunha nos próximos dias mas, para já, a mesma só é verdade na nossa rubrica das melhores exibições europeias da semana.

Confere os melhores da Europa da semana anterior (link)

 

PAULO DYBALA (Juventus) 9.5

GoalPoint-Genoa-Juventus-Italian-Serie-A-201718-MVP
Clique para ampliar

Aos sete minutos da partida, a Juventus perdia por 2-0 em casa do Genoa, e a tarefa não parecia fácil para o crónico campeão italiano. Não parecia e não seria, caso não houvesse Paulo Dybala. O argentino começou a dar a volta ao marcador logo no minuto 14, e terminaria o “serviço” com mais dois golos, de entre os cinco remates que enquadrou entre os postes.

Com Dybala até os penáltis são “poemas” (veja-se o segundo golo) e recorrendo à sua técnica individual ainda completou quatro dos cinco dribles que tentou.

 

KOKE (Atlético Madrid) 8.6

GoalPoint-Las Palmas-Atletico Madrid-Spanish-La-Liga-201718-MVP
Clique para ampliar

Primeira vitória do Atlético esta época, e que vitória. Goleada no terreno do Las Palmas, numa noite com grandes golos, mas com Koke a ser protagonista principal das duas melhores obras de arte.

Primeiro fez o 1-3, com uma remate de longe ao ângulo superior esquerdo, e logo de seguida arrumou o resultado com um pontapé de bicicleta. Não se pode pedir mais a quem faz isto, mas o espanhol ainda trabalhou bastante, registando um total de sete acções defensivas e oito recuperações de posse. Brilhante.

 

LIONEL MESSI (Barcelona) 8.4

GoalPoint-Alavés-Barcelona-Spanish-La-Liga-201718-MVP
Clique para ampliar

Duas jornadas de Liga Espanhola e Leo Messi já leva 20 remates, mais do que seis equipas, entre elas Sevilha e Atlético de Madrid. No campo do Alavés, até deu para falhar uma grande penalidade e ainda ser a grande figura da partida, marcando dois golos e atirando um remate à barra.

No resto, foi o desequilibrador do costume, com sete dribles eficazes (dois deles dentro da área), e três passes para finalização (o máximo do jogo).

 

MARCO ASENSIO (Real Madrid) 8.3

GoalPoint-Real Madrid-Valencia-Spanish-La-Liga-201718-MVP
Clique para ampliar

Num fim-de-semana em que foi notícia a possibilidade do Arsenal pagar a sua cláusula de rescisão, Asensio deu (mais uma vez) motivos para que se fale dele, com uma exibição fenomenal.

Na “escorregadela” do Real Madrid, foi ele o autor dos dois golos, ambos com belos remates de pé esquerdo de fora da área, sendo o segundo de livre directo (atenção Ronaldo). No meio de toda a classe, ainda somou cinco acções defensivas, e quase não falhou passes. Uma jóia.

 

NURI SAHIN (Borussia Dortmund) 7.9

GoalPoint-Dortmund-Hertha Berlin-German-Bundesliga-201718-MVP
Clique para ampliar

Mesmo sem Ousmane Dembélé, o Borussia Dortmund começou a Bundesliga em grande, com duas vitórias em dois jogos e sem sofrer qualquer golo. No jogo deste fim-de-semana, a grande figura foi o turco Nuri Sahin. Esteve envolvido directamente nos dois golos da sua equipa, assistindo para o primeiro e marcando o segundo, sendo que o seu golo é uma “bomba” que vale a pena ver.

O grande Nuri Sahin faz falta ao futebol, esperemos que seja esta a confirmação que faltava de que está “de volta”.

 

QUADRO RESUMO:

GoalPoint-Tops-ot-EuroTops-Round-170828-infog
Clique para ampliar