Os feitos dos artilheiros europeus 18/19

-

🇩🇪 Bundesliga: no reino de Lewandoswki

Na Alemanha, e apesar da réplica oferecida pelo Dortmund, o Bayern voltou a sagrar-se campeão e o seu polaco dos golos, Robert Lewandowski, aproveitou para bisar como melhor marcador, com 22 golos.

GoalPoint-Robert_Lewandowski_2018_vs_Paco_Alcácer_2018-infog
Clique para ampliar

O destaque “analítico” acaba por recair no segundo classificado do ranking, o espanhol Paco Alcácer. Cedido ao Dortmund pelo Barcelona, Alcácer conseguiu rivalizar com Lewa, apesar de ter sido usado durante boa parte da Liga como “arma secreta” a partir do banco, como atestam os seus 26 jogos e apenas 1204 minutos jogados, durante os quais marcou mesmo assim 18 golos. A boa forma do espanhol terá aliás convencido o Borussia a converter o empréstimo em compra definitiva.

🇫🇷 Ligue 1: a “mota” Mbappé não dá hipótese

O melhor marcador da Liga francesa junta-se, como já vimos, a Messi, na galeria dos “incomparáveis” da época, no que toca a golos marcados. Mbappé fez 33, mais 11 que a sensação Nicolas Pépé, do Lille, cujos 22 golos já o colocam entre os nomes mais falados para uma grande transferência neste defeso. Ambos jovens, ambos avançados mais dados ao corredor do que ao acampamento na área, deixaram longe o “clássico” Cavani, com 18 golos.

Mas os números obrigam-nos a regressar a Mbappé, para referir que as mais de três dezenas de golos que obteve foram somadas em apenas… 2343 minutos. Impressionante, ao ponto de suplantar Messi na hora de contabilizar quantos minutos precisou para marcar cada golo: 71, o melhor registo europeu, seguido por Leo Messi com 75.

GoalPoint-Kylian_Mbappé_2018_vs_Nicolas_Pépé_2018-infog
Clique para ampliar

🇮🇹 Serie A: neste país marcam os “velhos”

A Liga italiana sempre alimentou o “mito” de não só valorizar, como prolongar a “data de validade” dos jogadores que a disputam, quase como se, para lá dos Alpes, existisse uma poção mágica do calcio que permite aos mais veteranos continuarem a jogar ao mais alto nível. E a verdade é que este ano esse “mito” é alimentado pela eleição de Fabio Quagliarella como melhor marcador da Serie A, com 26 golos.

GoalPoint-Fabio_Quagliarella_2018_vs_Duván_Zapata_2018-infog
Clique para ampliar

O italiano de 36 anos chegou aliás a disputar o trono com outro veterano, Cristiano Ronaldo, mas o português desacelerou na recta final, permitindo até que o segundo posto fosse ocupado pelo colombiano Duvan Zapata (23 golos), curiosamente cedido por empréstimo ao Atalanta pela… Sampdória de Quagliarella.

GoalPoint-Cristiano_Ronaldo_2018_vs_Krzysztof_Piątek_2018-infog
Clique para ampliar

O português, pese a excelente primeira época ao serviço da Juve, viria a ser ultrapassado também pelo sensacional polaco Piatek, que apesar de ter iniciado a temporada no Génova e se ter mudado, em Janeiro, para o pouco estável Milan, não deixou de marcar, terminando com 22 golos, apenas menos um do que a idade dissonante que apresenta neste ranking: 23 anos.

Por cá… mandou um suíço, com o médio mais goleador da Europa à espreita

A luta pelos melhores marcadores da Liga NOS 18/19 rendeu um líder com uma “folha de serviço” mais “magra” do que nos anos anteriores. Seferovic sucedeu a Jonas e a Bas Dost, ambos protagonistas de épocas com 34 golos, nos dois anos anteriores. Seferovic ficou-se pelos 23, mas o feito não deixa ainda assim de ser notável, não só porque o suíço chegou a estar com um pé fora da Luz antes mesmo de a Liga começar, como obteve todos os seus golos de bola corrida, não beneficiando do privilégio da marcação de bolas paradas.

GoalPoint-Haris_Seferović_2018_vs_Bruno_Fernandes_2018-infog
Clique para ampliar

O seu maior concorrente acabou por ser precisamente um jogador que não só não perdoa nas grandes penalidades como ainda concretiza belos golos de livre directo, aos quais soma ainda a média/longa distância que fazem dele um dos mais cobiçados do momento no próximo mercado de transferências. Falamos de Bruno Fernandes, o único jogador em todos os já referidos que, ocupando zonas intermédias do terreno, andou lá por cima, a um ritmo “recordista”, na hora de contabilizar não só os golos que marcou como também os que deu a marcar, terminando aliás como Jogador do Ano GoalPoint Liga NOS 18/19. E não deixa de ser igualmente impressionante vê-lo competir com Seferovic num comparativo infográfico feito com base nas variáveis standard… de um homem de área.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.