Os reis estatísticos da Europa em 16/17 👑🇪🇺

-

A época terminou. Estamos em tempo de balanços e se no que à Liga NOS diz respeito já lhe apresentámos desde os 33 melhores jogadores aos melhores treinadores, passando pelos craques que melhores registos individuais conseguiram, faltava fazer o mesmo a nível dos melhores campeonatos europeus.

Estamos certos de que, ao fim destes longos meses de competição, todos querem saber quem foram as estrelas que terminaram a época a liderar os rankings das mais importantes variáveis, e como se comparam com eles os melhores portugueses e algumas das caras que estão ou passaram pela Liga NOS.

Nos parágrafos seguintes ficará a perceber por que motivo os melhores do mundo também se destacam numericamente, e apresentar-lhe-emos alguns que, ainda pouco conhecidos ou sub-valorizados, rivalizaram com eles esta época, ao nível das dez principais Ligas da Europa. Desfrute.

GoalPoint-Melhores-da-Europa-1-Remates-201617-9-infog
Clique para ampliar

Ninguém marca golos sem rematar, e isso fica bem evidente neste primeiro quadro. Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, os dois grandes “extra-terrestres” futebolísticos da actualidade, foram também, de longe, aqueles que mais vezes remataram a cada jogo esta época, e fazem-se acompanhar pelo bósnio Edin Dzeko, que também não poupou no balançar das redes. Entre as caras conhecidas aparece o ainda benfiquista Anderson Talisca, que na Liga turca disparou como ninguém e anotou 13 golos em 22 jogos. Miguel Rosa foi o maior atirador da Liga NOS, mas falhou na eficácia. Um golo num total de… 67 remates!

Se considerarmos apenas disparos enquadrados, Cristiano Ronaldo (2,2 / 90m) cai para a quinta posição, subindo aos três primeiros o belga Dries Mertens, do Nápoles, que terminou a Serie A italiana com 28 golos. O melhor na Liga NOS nesse particular foi Tiquinho Soares, que consegue um lugar no “top-30” europeu graças a uma média de 1,7 remates enquadrados a cada 90 minutos.

De cabeça há um holandês que não dá hipóteses, e não é Bas Dost. Luuk de Jong, ponta-de-lança do PSV, registou uma média de 1,9 remates de cabeça a cada 90 minutos, e vê o segundo posicionado, Cheick Ndoye (Angers), bastante longe (1,5 / 90m). Edinho, do Vitória de Setúbal, foi o único na Liga NOS a registar mais que um remate de cabeça a cada jogo.

GoalPoint-Melhores-da-Europa-2-Remates-convertidos-201617-9-infog
Clique para ampliar

Por esta altura, o leitor já deve estar a estranhar a ausência de Bas Dost no meio de todos estes pontas-de-lança goleadores, mas há um motivo para tal. Os números do holandês não impressionam pela quantidade, mas sim pela qualidade. Efectivamente, Bas Dost foi mesmo o jogador mais eficaz esta época em toda a Europa, concretizando em golo 40% dos remates que efectuou. Um número extraordinário, se virmos que o segundo, Alexandre Lacazette, “só” concretizou 33%. De volta à sua melhor forma, o ex-“dragão” Falcao fecha o “top-10”, enquanto Rui Fonte foi o português mais eficaz do velho continente.

>> NA PRÓXIMA PÁGINA: OS MELHORES CRIADORES

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR