“Patada” à argentina

O defesa do Boca Juniors Leandro Marín seria forte candidato ao prémio “Binya 2015”, caso este existisse, após protagonizar esta entrada assassina sobre o médio do Racing Ricardo Centurión, jogador que já foi falado para o futebol português. No entanto, no final da partida, e dando sequência ao aparente arrependimento imediato visível nas imagens, o defesa dirigiu-se ao balneário adversário acompanhado do seu capitão de modo a inteirar-se do estado de saúde de Centurión e pedir desculpa pelo sucedido. Felizmente o médio do Racing sofreu apenas uma lesão muscular de gravidade inferior aquela que a violência do lance faria temer.