FC Porto 🆚 Sporting | Soares caça “leão” inconformado

-

[vc_tta_tabs][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-line-chart” add_icon=”true” title=”GoalPoint Ratings” tab_id=”1465571624475-01e55dfc-58e2″]
GoalPoint-Porto-Sporting-LIGA-NOS-201617-Ratings
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_position=”right” i_icon_fontawesome=”fa fa-trophy” add_icon=”true” title=”Melhor em Campo ” tab_id=”1465571693503-4a0f9bf6-e654″]
GoalPoint-Porto-Sporting-LIGA-NOS-201617-MVP
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”45m” tab_id=”1465571624614-ba177b16-4154″]
GoalPoint-Porto-Sporting-LIGA-NOS-201617-45m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” add_icon=”true” title=”90m” tab_id=”1465571672809-6f7d6717-7b04″]
GoalPoint-Porto-Sporting-LIGA-NOS-201617-90m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][/vc_tta_tabs]

O FC Porto já é líder do campeonato, embora à condição, após bater o Sporting por 2-1, no jogo grande da 20ª jornada. O herói da partida foi o brasileiro Soares, que bisou na sua estreia, dando aos “dragões” uma vitória bastante suada frente a um Sporting que lutou até ao fim e que só não chegou à igualdade graças a duas grandes defesas de Iker Casillas.

O Jogo explicado em Números 📊

  • A partida arrancou praticamente com um golo do FC Porto, apontado pelo estreante Soares, a aproveitar um cruzamento de Corona da direita e as inúmeras facilidades concedidas pela defesa sportinguista. Na altura do golo, os “dragões” tinham menos posse de bola (48%) mas uma eficácia de passe bastante superior (78% contra 53%).
  • À entrada do primeiro quarto-de-hora, um dado curioso: ambas as equipas apresentavam uma eficácia de passe na ordem dos 67%, bastante mais baixa do que a sua média no campeonato, mas algo normal num jogo desta intensidade.
  • Passados 30 minutos era o Sporting que mandava no jogo. Os “leões” tinham mais posse de bola (61%), mais passes efectuados (133 contra 87) e até mais remates (2-1), embora ainda não tivessem realizado qualquer disparo à baliza.

  • O FC Porto parecia que descansava à sombra da vantagem alcançada, mas era pura ilusão: os “dragões” acabariam por chegar ao 2-0 pouco depois, numa jogada de contra-ataque que terminou com Soares a mostrar grande perícia ao contornar Rui Patrício, antes de rematar para o fundo das redes. Eficácia máxima para o FC Porto, que aproveitara os dois únicos remates durante toda a primeira parte.

  • Intervalo Como seria de esperar, Soares liderava o GoalPoint Ratings no final do primeiro tempo, com 7.6, graças aos dois golos apontados. O jogador brasileiro dava também nas vistas pelo número de duelos disputados (13, seis dos quais pelo ar), e ninguém diria que jogava pela primeira vez pelo FC Porto: levava 25 toques na bola e 11 passes, bem mais do que André Silva, 5.3 (cinco passes e 15 toques). Do lado do Sporting, o jogador mais bem cotado era o médio João Palhinha,5.6, o “leão” com mais duelos disputados (12) e com maior percentagem de duelos ganhos (91% no total, 100% pelo ar).

  • A segunda parte arrancou com sinal mais para o Sporting, que agora contava com Alan Ruiz, acabado de entrar para o lugar de Matheus Pereira. Passados 12 minutos, os “leões” já tinham feito o seu primeiro remate enquadrado, levado a cabo por Bryan Ruiz, e tinham visto a barra negar o golo a Adrien.

  • Aos 60 minutos acabaria por surgir o golo do Sporting, por intermédio de Alan Ruiz, que rematou de primeira com o pé esquerdo para o fundo da baliza. O FC Porto acusou a reentrada forte do “leão”, que passados 25 minutos já levava tantos remates enquadrados como os da casa e tinha quase o dobro dos passes efectuados (108 contra 61).

  • A pressão da equipa leonina foi-se intensificando com o passar dos minutos, e o FC Porto precisou de recorrer a Casillas para manter a vantagem. Por duas vezes, Coates surgiu nas alturas a cabecear para golo, e em ambos os casos o guarda-redes espanhol mostrou grandes reflexos. No banco crescia o desespero de Jorge Jesus, e com razão: o Sporting terminou o desafio a dominar vários indicadores, incluindo posse de bola (66%), número de passes (426-223) e eficácia de passe (77%-64%). A equipa portista acaba por levar a vitória pela eficácia demonstrada, tendo aproveitado dois dos três remates enquadrados que fez (menos um do que os “leões”).

O Homem do Jogo 👑

Foi uma estreia de sonho para o brasileiro Soares, que marcou dois golos na sua primeira partida pelo FC Porto. Para além do “bis”, o antigo jogador do V. Guimarães fez dois passes para ocasião e um drible eficaz, protagonizou 38 duelos e sofreu oito faltas, terminando a partida como o homem do jogo GoalPoint Ratings, com 7.9.

Jogadores em foco 🔺🔻 

  • Casillas 6.5 – Não ficou isento de culpas no golo apontado por Alan Ruiz mas redimiu-se perto do final do desafio com duas defesas de alto nível, que mantiveram o FC Porto na liderança.
  • Esgaio 6.1 – Jogou apenas 33 minutos mas deixou a sua marca no relvado. Acertou 18 dos 19 passes que fez (um deles para ocasião), ganhou os três duelos que disputou, somou três acções defensivas e recuperou a bola uma vez.
  • André Silva 5.3 – Esteve bastante apagado na noite em que Soares brilhou. Fez apenas dez passes (quatro dos quais errados) e tocou na bola 22 vezes (só os jogadores portistas que entraram na segunda parte ficaram atrás). Foi substituído aos 64 minutos sem ter feito qualquer remate.
  • Brahimi 4.9 – Noite bastante apagada do internacional argelino, que fez apenas 14 passes e não foi feliz em nenhum dos quatro dribles que tentou realizar.
  • Zeegelaar 4.5 – Foi o pior jogador em campo. Cometeu cinco faltas e fez 24 passes (Schelotto, por exemplo, fez 46). Como nova positiva há o número de desarmes efectuados, cinco, o máximo sportinguista da noite.

Confira também: Os duelos do clássico, um exclusivo Sapo24/GoalPoint

Resumo💻

Luís Mira
Luís Mira
Jornalista com mais de uma década de experiência profissional. Colaborou com vários órgãos de comunicação, nacionais e estrangeiros, entre os quais Público, A Bola, Goal.com, Sky Sports e BBC.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR