TotoRating Banner

O FC Porto versão 2019/20 tem mostrado até agora ser capaz de dar respostas fortes nos jogos de maior peso na Liga NOS. Este domingo, os “dragões” receberam o então líder da classificação, o surpreendente Famalicão, equipa que já havia vencido em Alvalade, e venceram por concludentes 3-0.

Para o conseguir, o Porto realizou uma excelente prestação, na qual várias estatísticas se destacaram. Os “azuis-e-brancos” completaram nada menos que 23 tentativas de drible, o que constituiu um novo máximo de uma equipa na Liga – Otávio e Manafá, ambos com quatro, foram os jogadores com maior sucesso neste momento do jogo. Os portistas ultrapassaram o anterior registo mais elevado, que também lhes pertencia, e que foi estabelecido noutro jogo “a doer”, neste caso na vitória por 2-0 no terreno do campeão Benfica.

Não admira, portanto, que o Porto seja, neste momento, a equipa com mais dribles completos a cada 90 minutos, nada menos que 13,6, acima do segundo classificado Sporting e dos dois Vitórias, com o Benfica a ocupar a quinta posição. Por falar em Vitórias, o de Setúbal registou o terceiro valor mais alto num só jogo, 19, em casa do Benfica, e o de Guimarães somou o quarto (18), na recepção ao Famalicão. O Rio Ave fecha o “top 5” na visita ao Belenenses, também com 18.

Brian Mansilla, argentino do Vitória sadino, lidera neste momento entre os jogadores com mais dribles eficazes a cada 90 minutos – com mais de 360 minutos disputados -, com 4,5, seguindo-se o benfiquista Rafa Silva, o portista Otávio, o algarvio Bruno Tabata e o “leão” Luciano Vietto. Mas estes são números ainda “frágeis”, na medida em que estamos apenas na oitava jornada da Liga e há muita competição pela frente. Cá estaremos para fazer o diagnóstico.