Quanto tempo vai San Casillas manter redes invioladas?

-

O guarda-redes espanhol do FC Porto consumou este domingo, com a vitória por 1-0 em Braga, o melhor arranque de campeonato de toda a sua carreira: 360 minutos sem sofrer golos – com os quais superou os 332 minutos com a baliza inviolada ao serviço do Real Madrid.

Os “dragões” asseguraram o triunfo logo aos sete minutos de jogo, com um golo do mexicano Jesús Corona. A partir daí, estava na baliza “San” Casillas para assegurar aos portistas que mantinham as redes invioladas. O FC Porto soma agora os mesmos 12 pontos do Sporting, que detém o primeiro lugar por ter mais um golo marcado.

Na primeira jornada desta edição da I Liga o FC Porto goleou o Estoril no Estádio do Dragão por 4-0. Oito dias mais tarde, os “azuis-e-brancos” deslocaram-se a Tondela, onde venceram a equipa da casa por 1-0. No regresso ao Dragão, o FC Porto bateu o Moreirense por 3-0, uma vez mais sem sofrer qualquer golo, 270 minutos a zero.

O quarto encontro sem sofrer golos neste arranque de temporada juntou mais 90 minutos ao registo de Casillas e concretizou o seu melhor arranque de sempre. Mas até onde chegará a série mágica do guardião espanhol?

Na próxima jornada, o FC Porto recebe o Desportivo de Chaves, num encontro em que há uma probabilidade elevada de Casillas aumentar o seu registo para os 450 minutos. À sexta jornada, no entanto, mais um teste: os “dragões” deslocam-se ao campo do Rio Ave, que este fim-de-semana impôs em casa o primeiro empate, 1-1, ao tetracampeão Benfica. Se o FC Porto passar em Vila do Conde sem sofrer golos, Casillas faz os 540 minutos, que poderá previsivelmente aumentar para os 630 na jornada seguinte, em que recebe o Portimonense.

À oitava ronda, o grande desafio do guardião espanhol de 36 anos: a deslocação a Alvalade. Conseguirá Casillas parar Bas Dost, Gelson, Bruno Fernandes e companhia? É um jogo de tripla, ninguém se atreverá a fazer prognósticos antes do apito final do árbitro – e quem quiser apostar sem risco só tem uma solução: CasinoPortugal.pt Bónus.

Mas se Casillas sair de Alvalade com os seus 720 minutos sem deixar os adversários fazer o gosto ao pé (ou cabeça), fica muito difícil não começar a olhar para o recorde de Vítor Baía, outro histórico guardião portista: 1192 minutos sem sofrer golos no campeonato em 1991/92.

“Apenas” mais seis encontros separariam então Casillas do mítico recorde de Baía: Paços de Ferreira (C), Boavista (F), Belenenses (C), Aves (F) e Benfica (C) – outro grande desafio para Casillas, se aqui chegar sem sofrer golos. Com estas 13 jornadas sem ver as redes balançar, o guardião portista precisaria de fazer 23 minutos em branco em Setúbal.

Esta é, naturalmente, uma missão impossível para qualquer guarda-redes comum, mas não para Iker “San” Casillas. Vai uma aposta?

GP Factory
GP Factory
A GP Content Factory prepara e publica os conteúdos da responsabilidade das marcas que apoiam o GoalPoint na sua missão de lhe oferecer os melhores conteúdos de análise de futebol. Contacte-nos para saber mais via [email protected]
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR