Que Botaço!

Não entra a bola entra a bota: foi assim que Bright Dike, dos Toronto FC da MLS norte-americana “facturou”, introduzindo não a bola mas a bota no fundo das redes adversárias, com potência e colocação. Os adeptos festejaram na mesma, como se de o esférico se tratasse.