Que tipo de desporto melhor se adapta a si?

-

A soma das partes que fazem de cada indivíduo único no mundo pode determinar qual o desporto que mais se adequa a essa pessoa. Cada uma é capaz de descobrir que actividade física lhe é a mais apropriada com base no seu carácter, físico, intelecto e temperamento. Esta é uma conclusão de Lee-Ann Sharp, especialista em psicologia do desporto da Universidade de Ulster, no Reino Unido.

Que factores podem tornar uma pessoa bem-sucedida e outra não?

Cada caso é necessariamente diferente e, por conseguinte, deve ser analisado detalhadamente. No entanto, e aparentemente, um dos factores que mais influência o sucesso de um atleta é a sua personalidade. A personalidade é a capacidade de se adaptar a situações do quotidiano. No desporto será a capacidade de se adaptar à vida desportiva, desde o treino até à competição.

Embora seja verdade que qualquer desporto ou prática de exercício físico contribui para o funcionamento do cérebro, também é facto que algumas dessas práticas são mais eficazes do que outras nesse particular. Assim, é necessário conhecer bem os desportos e exercícios físicos, de modo a escolher o que melhor se adapta à nossa maneira de ser:

  • Desportos radicais: Este tipo de desportos é ideal para aquelas pessoas que procuram constantemente emoções e pura adrenalina, sempre prontos para experimentar novas sensações. Entre as características necessárias encontra-se a disposição para assumir riscos, ser aventureiro e destemido.
  • Desportos de luta: Neste tipo de actividade são promovidos valores como a disciplina e o respeito. São praticados por pessoas capazes de canalizar a agressividade de uma forma positiva, com um elevado grau de concentração e precisão.
  • Desportos colectivos: São desportos que incluem dois ou mais participantes que trabalham em conjunto para um mesmo objectivo. As pessoas que se integram nesta categoria desfrutam da interacção social e desenvolvem laços fortes com os seus pares, com os quais cooperam para atingir o objectivo pretendido.
  • Desportos que exercitam a mente: Está demonstrado que os desportos que exigem a tomada de decisões em fracções de segundo melhoram a função cognitiva em jovens e idosos. Os desportos com base na análise, tais como os jogos de poker ou xadrez, neutralizam problemas de aprendizagem ou de memória, devido à necessidade de um pensamento constante e de uma grande adaptação à mudança.
  • Desportos individuais: Neste caso, o trabalho solitário exige estar constantemente motivado e focado em objectivos. São praticados por pessoas independentes que preferem que o sucesso ou o fracasso não fiquem na mão de outros. São os responsáveis por cada movimento que fazem e não procuram apoio em companheiros de equipa.
  • Desportos como estilo de vida: Esta é uma forma descontraída de encarar o desporto, praticado com intensidade moderada. A fácil incorporação na vida diária subtrai elementos competitivos e adiciona uma vertente recreativa. Aqui o aspecto social e a necessidade de passar tempo com os amigos é o mais importante.

Praticar um desporto é uma forma de estimular a mente. Fazemo-lo por escolha ou por indicação, mas o mais importante é lembrar a estreita relação entre saúde mental e física. Exercitar o corpo mantém o cérebro activo.

GP Factory
GP Factory
A GP Content Factory prepara e publica os conteúdos da responsabilidade das marcas que apoiam o GoalPoint na sua missão de lhe oferecer os melhores conteúdos de análise de futebol. Contacte-nos para saber mais via [email protected]
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR