Análise: Quem mereceu ser campeão?

-

DEZ GOLOS… SÃO MUITOS GOLOS

Com o “score” da nossa análise empatado, passamos agora ao melhor que o futebol oferece: os golos. E nesse capítulo entre “águias” e “dragões” distam… dez golos. São muitos numa disputa que, apesar de liderada sempre pelos “encarnados”, foi bastante disputada e aqui residirá o pecado capital dos “azuis-e-brancos”: a eficácia.

Os “dragões” até remataram mais do que os “encarnados”, mas perdem em toda a linha nos capítulos da eficácia (% de remates enquadrados) e aproveitamento (% de remates convertidos em golo). O Benfica acertou até mais uma bola na trave/poste que o Porto, marcando um golo a cada 4,4 passes para ocasião. Os portistas necessitaram de cinco passes para ocasião por cada golo marcado. Não choca assim que os lisboetas tenham não só vencido mais partidas, como tenham inclusivamente vencido mais jogos fora, isto apesar das três derrotas “encarnadas” terem sucedido precisamente fora de casa (Braga, Paços de Ferreira e Rio Ave).

CONCLUSÃO DO COMPARATIVO OFENSIVO:  SLB 2 – FCP 1

 NA PROXIMA PÁGINA > QUEM ERROU MENOS

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.