Quem sabe nunca esquece… edição “Teddy Sheringham”

Teddy Sheringham foi provavelmente um dos últimos grandes pontas-de-lança clássicos que o futebol inglês produziu, com uma carreira associada sobretudo ao Manchester United e ao Tottenham e directamente ligado à épica vitória do United na Liga dos Campeões de  1998/99. Hoje com 48 anos mostra não só ainda estar em aparente boa forma física como também que, tal como outros “craques”, quem sabe nunca esquece, como demonstrou no jogo de tributo a Fernando Ricksen, ex-jogador do Rangers afectado pela doença.