Quem segue o GoalPoint sabe que não nos aventuramos no potencialmente descredibilizador território das previsões. A nossa especialidade centra-se em olhar o passado e o presente para que possamos preparar melhor o futuro de um jogo, uma equipa, um jogador. Mas tal não significa que não damos atenção a quem se arrisca a definir probabilidades para os desafios vindouros, pois há que ter noção que essa missão sustenta negócios tão relevantes como o das apostas desportivas. E por falar em apostas, pode fazer as suas para o Mundial 2018 na 1xbet 2018.

Nesse sentido decidimos espreitar o que diz o 538, o conceituado “site” estatístico norte-americano, que aborda temas que vão desde as sondagens eleitorais à análise da carreira de actores de Hollywood em busca da identificação do seu nicho temático de maior rentabilidade/sucesso. A área desportiva é também forte no 538 e, no que toca ao Mundial 2018, o “site” vai partilhando as suas previsões, baseadas nos ratings SPI, um algoritmo proprietário que estima o potencial de cada equipa com base no desempenho colectivo e individual dos seus integrantes, combinando o desempenho das selecções em compromissos internacionais com a performance dos jogadores que as integram, também ao serviço dos seus clubes. A titulo de curiosidade, com base neste método, o 538 chegou a colocar a já eliminada Selecção de Portugal como a oitava selecção mais forte, entre as presentes no Mundial.

Ora reduzido o lote de potenciais candidatos ao título de campeão do mundo 2018 a apenas oito, é chegado o momento de conferir que favoritismo atribui o 538, não só quanto ao desfecho dos quartos-de-final como também no que toca à conquista do troféu FIFA em disputa.

538-quartos-de-final-Mundial-2018
As probabilidades de atingir as meias finais conferidas pelo 538 às nações que atingiram os quartos-de-final do Rússia 2018 (fonte:fivethirtyeight.com)

As probabilidades SPI acabam por traduzir um desequilíbrio previsível nos quatro duelos que irão definir os semifinalistas do Mundial. Croácia, Inglaterra, França e Brasil são, por esta ordem de favoritismo, as claras escolhas estatísticas para prosseguir rumo à próxima fase, mesmo tendo em conta as inúmeras surpresas que o torneio em curso já ofereceu.

Coutinho-destaque
O Brasil é apontado pelo 538 como o mais claro favorito à conquista do Mundial 2018

Já no que toca à avaliação dos favoritos para a conquista do título o caso muda um pouco de figura: o 538 atribui ao Brasil as mais claras hipóteses de atingir o sonho do hexa, com 30%, colocando França e Inglaterra no patamar dos 15% e fechando com 12% para a Croácia. Curiosidade: apesar do favoritismo concedido à “canarinha” diante da Bélgica, o “site” estatístico confere ainda 11% de probabilidades aos “diabos vermelhos” de se sagrarem campeões do mundo pela primeira vez na sua História, mas para esse número fazer sentido têm de ultrapassar Neymar e companhia, a 6 de Julho.