O primeiro Ranking de Treinadores GoalPoint (RTG™) do ano traz novas caras, treinadores 100% vencedores nos últimos 30 dias e ainda um “herói” com muitos anos de futebol. Treinadores para todos os gostos que destacamos, como habitual, com base nas odds atribuídas pelo mercado de betting aos resultados obtidos pelos “misters”:

Se é a primeira vez que contacta com o RTGrecomendamos um “salto” imediato ao final do artigo, onde explicamos que metodologia empregamos de modo a identificar o melhor treinador em cada um dos escalões do futebol profissional português. Vamos então aos “misters” em destaque.

Liga NOS: Tem a resposta… Vitória

O futebol, e toda a psicologia mais ou menos associada, não param de nos fascinar esta época. Se no passado mês de Dezembro o prémio de melhor treinador consagrou um homem que só não foi despedido por meras questões burocátricas (Luís Norton de Matos) eis que, chegados a Janeiro, é a vez de Rui Vitória brilhar, um treinador que foi alvo das mais variadas considerações, até… de não o ser.

Oito vitórias em outros tantos jogos levam Vitória não só ao pódio mensal como também o tornam, até ao momento, o melhor entre os 26 que já passaram pelos bancos da Primeira Liga esta época.

RTG™: O Treinador do mês GoalPoint | Janeiro 2016
Clique para ampliar

O ribatejano somou mais de mil pontos e subiu 11 posições na tabela directamente até… ao topo. Apesar de não ser o que mais pontos RTG soma no campeonato, a maior consistência apresentada nas outras provas fazem com que neste momento o treinador do Benfica tenha direito a ver o seu nome no topo desta tabela, mas avizinha-se um Fevereiro com dois jogos de elevado grau de dificuldade que podem mudar tudo (frente a Zenit e Porto).

RTG - Janeiro 2016
A evolução comparada do RTG de Jorge Jesus e Rui Vitória até ao momento

Janeiro trouxe também uma surpresa ligada a um “novato” da Liga NOS. Julio Velázquez (Belenenses) só perdeu um dos oito jogos que disputou no mês passado, obtendo surpreendentes vitórias fora de casa frente ao Rio Ave e Marítimo. O espanhol ultrapassou assim, sobre a linha de meta, outro dos destaques das últimas semanas, Sérgio Conceição. O homem que poderá ter estado com um pé no FC Porto mostrou, precisamente contra os “dragões” que é capaz de motivar as suas tropas até nas condições mais difíceis, e nos seis jogos que fez em Janeiro só perdeu por uma vez, frente ao Benfica. 

Num mau momento está Manuel Machado, que comprometeu o seu desempenho sobretudo na Taça de Portugal sendo eliminado pelo Gil Vicente, e além de ter sido o pior do mês caiu para o último lugar da tabela.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: UM VETERANO DESTAS “ODISSEIAS”