Antevisão | Real – Atlético, um dérbi com História 🔥

-

Este domingo, a partir das 15h15, o terceiro classificado da La Liga espanhola, o Real Madrid, recebe o Atlético de Madrid, segundo posicionado. Este será o 219º dérbi entre as duas formações da capital espanhola, a contar para um campeonato em que as duas equipas lutam praticamente apenas pelo segundo lugar, dada a distância pontual em relação ao líder Barcelona (nove e 13, respectivamente).

Os “merengues” vêm de um triunfo expressivo na visita à Juventus, a contar para a Liga dos Campeões, enquanto os “colchoneros” bateram o Sporting em casa por 2-0, em jogo da Liga Europa. Portanto, duas equipas que chegam em boa forma a este embate, com os seus melhores intérpretes num bom momento (Cristiano Ronaldo e Antoine Griezmann não param de marcar), mas com objectivos condicionados pela distância do Barça. Algo que não será, porém, impeditivo de um bom espectáculo pois, olhando para o histórico, há cerca de 50% de vitórias para cada lado nos embates entre ambos, com o Real a registar apenas um triunfo ante o Atlético nos últimos nove encontros (4 empates e quatro derrotas), que aconteceu fora de casa – no Santiago Bernabéu perdeu três dos últimos quatro.

Este é um jogo que oferece muita informação estatística e curiosidades, a nível histórico, colectivo e individual, com dois jogadores à cabeça. Confira connosco, numa espécie de antevisão do grande embate:

  • O Real Madrid é a equipa com mais remates enquadrados esta temporada na La Liga, nada menos que 228 (66 da autoria de Ronaldo); o Atlético é a equipa que menos permite, somente 96, atrás apenas dos 94 do Barça.
  • Os “merengues” são a formação com mais golos marcados de bola parada na Liga, 24. Ao invés, os “colchoneros” sofreram 50% dos seus golos desta forma (sete de 14), a mais alta percentagem na prova.
  • O português Cristiano Ronaldo marcou 21 golos nos seus 30 encontros ante o Atlético em todas as competições, sendo o melhor marcador da história dos dérbies entre as duas equipas. Oito deles aconteceram de grande penalidade.

  • Antoine Griezmann soma cinco golos marcados ao Real na Liga, três deles no Santiago Bernabéu (dois pelo Atlético). Caso marque este domingo, o francês torna-se no primeiro jogador do Atlético a marcar em três jogos seguidos no Bernabéu, neste século.
  • CR7 está a fazer uma segunda volta de Liga incrível. Se na primeira fez somente quatro golos em 14 jogos, na segunda apontou 18 em nove partidas, numa cadência de um tento a cada 43,6 minutos, contra os 311,5 anteriores. Tudo isto em bem menos remates (64, contra 94 da primeira metade da Liga), correspondendo a uma taxa de conversão de 29,5%, contra os 4,3% da primeira volta.
  • Em mais uma nota comparativa da diferença de desempenho, Ronaldo fez apenas um golo nos primeiros 61 remates que fez na Liga, mas facturou 18 vezes nos últimos 56 disparos.
  • Antoine Griezmann viveu um percurso semelhante. Na primeira volta fez cinco golos em 16 jogos, correspondente a uma taxa de conversão de 14,7%. Mas na segunda vai já em 12 tentos em dez desafios, com uma incrível conversão de remates em golo de 38,7%.

GoalPoint-Cristiano_Ronaldo_2017_vs_Antoine_Griezmann_2017-infog
Comparativo de desempenho entre Ronaldo e Griezmann na La Liga 2017/18 (clique para ampliar)

  • Diego Simeone pode tornar-se no primeiro treinador a derrotar duas vezes Zinédine Zidane na La Liga. Com o argentino no banco, o Atlético ganhou quatro de 12 dérbies com o Real (4 empates, 4 derrotas). Antes de Diego, o Atlético ganhara apenas dois jogos em 36 frente ao seu eterno rival (10 empates, 24 derrotas).
  • Zidane é o quinto treinador com mais jogos no comando do Real Madrid em todas as competições, 136. O francês regista 73,8% de vitórias, batido por Manuel Pellegrini (81,5%), José Mourinho (76,3%) e Carlo Ancelotti (75%) neste pormenor.
  • O técnico gaulês apenas venceu 28% dos seus jogos como treinador do Real frente ao Atlético de Madrid em todas as competições e a sua equipa apenas marcou quatro golos em outras tantas partidas ante este adversário na La Liga. Somente Atlético e Barcelona infligiram duas derrotas a Zidane como treinador em todas as competições.
  • Diego Simeone é o segundo treinador com mais partidas ao comando do Atlético (365), apenas atrás dos 612 jogos de Luis Aragonés, e é o técnico com maior percentagem de vitórias, 64%, registando 52,9% de jogos sem sofrer golos (193 de 365 encontros).
  • Apenas ante o Barça (13), Simeone perdeu mais jogos do que contra o Real Madrid (9), apesar de ser o treinador que levou o Atlético ao feito de bater os “merengues” três vezes seguidas no Bernabéu, algo inédito.

Tudo pronto para um dos jogos mais aguardados do ano na La Liga, que poderá começar a definir o vice-campeão espanhol – isto se encararmos a distância pontual do Barcelona como praticamente irrecuperável.

Este artigo foi produzido com base em dados disponibilizados pela Opta/Perform.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR