GoalPoint-Real-Madrid-Levante-Spanish-La-Liga-201819-1-Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint-Real-Madrid-Levante-Spanish-La-Liga-201819-MVP-1
Clique para ampliar
GoalPoint-Real-Madrid-Levante-Spanish-La-Liga-201819-90m
Clique para ampliar

O Real Madrid continua a sua “travessia no deserto” e averbou a terceira derrota em quatro jogos (com um empate pelo meio) da Liga espanhola. Desta feita foi em casa, 2-1, ante o modesto Levante, após ter estado a perder por 2-0. Mas este foi um jogo algo atípico, se olharmos para a exibição do guarda-redes contrário.

Os forasteiros marcaram por Morales (6′) e Roger (13′, de penálti) e os “merengues” apenas reagiram convenientemente aos 72 minutos, com Marcelo a reduzir para os da casa. Assim sendo, o Real fixou um novo recorde negativo de 481 minutos sem marcar qualquer golo. Nunca antes os “blancos” haviam estado tanto tempo sem marcar em toda a sua História. Mas para os registos ficam, igualmente, impressionantes 70% de posse de bola para o Real, 91% de eficácia de passe, 15 cantos, 34 remates, 27 (!) dentro da grande área, 12 deles enquadrados. O grande responsável pelo triunfo forasteiro foi mesmo o guarda-redes Oier Olazábal, que realizou 11 defesas, nove delas a remates dentro da sua grande área, seis delas seguras – rating de 8.7.

Só não foi o melhor em campo porque Marcelo registou um GoalPoint Rating de 8.8, fruto de um golo em quatro remates, sete passes para finalização, nove remates (três eficazes), quatro dribles eficazes em quatro e 107 acções com bola.