O Sporting bateu o Feirense por 2-0, numa partida que deixou os adeptos a pensar que os “leões” deviam ter marcado mais e mais cedo. E têm razão para isso…

GoalPoint-Sporting-Feirense-LIGA-NOS-201718-Ratings
Clique para ampliar

Os “verde-e-brancos” somaram, frente à equipa de Santa Maria da Feira, 28 remates, 11 deles enquadrados, estabelecendo um novo máximo de disparos numa única partida (a contar para a Liga NOS) desde que Jorge Jesus chegou a Alvalade e definindo também o jogo com mais tentativas de golo da Liga em curso. Mas as curiosidades associadas ao “recorde” não ficam por aqui:

  • Apesar do feito colectivo, a verdade é que nenhum “leão” primou pela pontaria. Os dois mais rematadores (Montero com seis e Doumbia com cinco) apenas enquadraram três remates em conjunto e apenas outros dois mostraram pontaria em duas ocasiões (das três que tentaram): Bruno César e Mathieu.
  • O Sporting nunca havia ultrapassado os 24 disparos com Jorge Jesus para a Liga. Curiosamente isso sucedeu frente ao União da Madeira e os “leões” não venceram, em boa parte porque apenas acertaram cinco vezes com a baliza dos madeirenses.
  • Esse jogo teve lugar em 2015/16, bem como os três encontros mais “rematadores” dos “verde-e-brancos”, a primeira época de Jesus em Alvalade e aquela que a opinião aponta como sendo a de melhor futebol praticado pelos sportinguistas.
  • Apenas uma vez conseguiu o Sporting realizar mais remates enquadrados do que os 11 que somou contra o Feirense. Tal sucedeu frente ao Vitória de Setúbal (2015/16), num jogo em que os “leões” marcaram cinco golos num total de 12 remates.
  • Aliás, sempre que os comandados de Jesus fizeram pelo menos dez remates enquadrados na Liga, marcaram pelo menos três golos, até à excepção criada com o Feirense. Dos seis jogos em que tal sucedeu, quatro tiveram lugar na referida época “gorda”.
  • Curioso sobre como a ausência de Dost afecta estes números? Ainda é cedo para comparativos, visto o holandês ter falhado apenas duas das 22 jornadas disputadas, mas cá vai: o Sporting remata o dobro sem Dost (22 vs 12,6 remates por jogo), melhorando até ligeiramente a taxa de tiros enquadrados (38,6% vs 37,3%), mas o problema é que quantidade não é qualidade: com Dost em campo o Sporting precisa de somar 5,9 remates para marcar um golo, enquanto sem o “pinheiro” o número está em… 14 tiros até festejar!
  • Conforme já referido, o Sporting 2 – 0 Feirense passou a ser o jogo com mais remates efectuados por uma equipa à baliza adversária na Liga 2017/18, ultrapassando os 27 que Benfica e Porto somaram anteriormente. O máximo de disparos enquadrados, esse permanece nos 14 e foi atingido apenas por “águias” e “dragões”, até ao momento.

Fechamos com o “top” dos dez jogos com mais remates de uma equipa, na presente edição da Liga NOS:

JEquipaAdversárioRREG
22SportingFeirense28112
3PortoMoreirense2793
7BenficaP. Ferreira2792
12BenficaVitória FC25146
2BenficaChaves25101
16Vitória SCTondela2570
9Vitória SCPortimonense24103
11PortoBelenenses24102
18ChavesVitória SC2484
10Rio AveSporting CP2450

Legenda: J – Jornada; R – remates; RE – remates enquadrados; G – Golos marcados
Fonte: GoalPoint / Opta 

PARTILHAR
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.