O FC Porto entrou na Liga NOS 2016/17 da melhor forma possível, com uma vitória por 3-1 na sempre difícil visita ao Rio Ave, numa partida que começou complicada, mas que aos poucos se foi resolvendo a favor do “dragão”, graças a simplicidade de processos na frente de ataque e ao aproveitamento das oportunidades de que dispôs. O golo inaugural do Rio Ave acordou os portistas, que responderam rápido e com eficácia.

“Dragão” precisou de despertador

O FC Porto surgiu em campo com a ideia de mandar na partida, numa aposta na posse de bola que, a espaços, foi contrariada pelo Rio Ave. Nem sempre a construção portista saía com qualidade, pelo que Otávio, na esquerda, e Jesús Corona, na direita, demoraram a entrar em jogo.

Destaque, nesta fase, precisamente para o flanco esquerdo portista, que apresentou também Alex Telles no lugar ocupado na época passada por Miguel Layún. Foi por esse flanco que os “dragões” canalizaram grande parte do seu jogo neste período (46%).

As dificuldades visitantes em criar perigo eram evidentes, pelo que os da casa ameaçaram com regularidade a baliza de Iker Casillas, com Heldon em destaque, fruto de dois remates, um passe para ocasião e, mais tarde, uma assistência.

O Porto viu-se obrigado a apostar nas transições rápidas, mas só acordou verdadeiramente após sofrer golo. Aos 36 minutos, Marcelo saltou mais alto que todos e inaugurou o marcador, de cabeça, após canto de Heldon da esquerda. Um golo que surgiu como despertador para o Porto, que empatou logo a seguir, aos 40 minutos, por Corona, numa rotação na grande área para um remate de primeira. E aos 42 o mexicano rematou cruzado ao poste. Importa ver alguns dados interessantes do primeiro tempo.

  •  Aos 25 minutos o Porto somava 57% de posse de bola, mas só dois remates, desenquadrados, para três do Rio Ave, um com a direcção certa
  • Intervalo chegou com 64% de posse para o Porto, que fez seis remates, três enquadrados (5-3 do Rio Ave)
  • Corona (6.9) e Marcelo (6.3) foram os melhores em campo no primeiro tempo pelos GoalPoint Ratings

Controlo total

O segundo tempo começou praticamente com o golo da reviravolta. Hector Herrera arrancou um pontapé fortíssimo de fora da área, aos 52 minutos, e fez o 2-1. E aos 60 os “dragões” cimentaram a liderança, com André Silva a marcar de penalty, embora à segunda tentativa, após primeira defesa de Cássio (Marcelo viu o vermelho directo pela falta sobre Otávio).

Pouco depois, aos 65 minutos, foi Alex Telles a ser expulso, por duplo amarelo, mas nesta altura já o Porto controlava os acontecimentos, não com tanta bola, mas com mais objectividade. Aos 25 minutos do segundo tempo, os portistas tinham cinco remates realizados desde o descanso, três enquadrados, contra apenas um dos homens da casa, claramente em quebra.

Ainda assim, os vilacondenses conseguiram terminar o jogo a pressionar, arrancando oito remates no segundo tempo, três deles bem direccionados, pelo que Casillas encerrou a partida com cinco defesas realizadas, contra quatro de Cássio.

Arriba “Tecatito”

Tal como no arranque da época passada, Jesús Corona mostrou serviço. Marcou na estreia, em dois remates (um enquadrado), esteve nos melhores lances do FC Porto e fez um passe para ocasião, que lhe valeu um GoalPoint Rating de 7.4. Realizou ainda dois cruzamentos eficazes, ganhou seis de oito duelos e fez quatro desarmes.

O autor do golo da noite, Hector Herrera, esteve também em destaque, com 6.9 GPR, pelo golo, pelos dois passes para ocasião. E depois há Octávio. O brasileiro jogou encostado à esquerda em quase todo o encontro, mas ainda assim fez dois passes para ocasião, uma assistência e ganhou 60% dos 15 duelos que disputou.

Factos Estatísticos GoalPoint:

  • O Rio Ave realizou dez remates de fora da área, dos 13 registados, contra seis do Porto (em 12)
  • Os vilacondenses fizeram mais cruzamentos de bola corrida, 15, contra 12 dos portistas
  • O Porto fez oito passes para ocasião, menos um que os da casa, mas foi bem mais eficaz.
GoalPoint | Rio Ave vs FC Porto | Liga NOS 2016/17 | Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint | Rio Ave vs FC Porto | Liga NOS 2016/17 | MVP
Clique para ampliar

1-0

1-1

1-2

1-3

GoalPoint | Rio Ave vs FC Porto | Liga NOS 2016/17 | 45m
GoalPoint | Rio Ave vs FC Porto | Liga NOS 2016/17
GoalPoint | Rio Ave vs FC Porto | Liga NOS 2016/17 | 90m
Clique para ampliar