A segunda jornada da frase de grupos trouxe outro recorde para Cristiano Ronaldo. E a este ritmo, vamos tem muitos mais ao longo deste Mundial. Após tornar-se no primeiro jogador a marcar em oito fases finais consecutivas, desta feita o capitão português passou a ser o maior goleador europeu a nível de selecções, após facturar o tento solitário da vitória de Portugal ante Marrocos.

GoalPoint-Facto-Dia-20-Jun-Ronaldo-Mundial-2018-infog
Clique para ampliar

Cristiano chegou aos 85 golos por Portugal, suplantando os 84 tentos que Ferenc Puskás fez pela Hungria, apesar de este os ter alcançado em somente 85 partidas. Porém, CR7 está ainda longe do recorde mundial, pertencente ao iraniano Ali Daei, dono de 109 golos internacionais. Mas este não é o único facto relevante desta partida:

  • Como referido na imagem que acompanha este artigo, Cristiano Ronaldo transformou-se no mais rematador da História dos mundiais, suplantando os 74 de Ronaldo, o “Fenómeno” – dados a partir de 1966. Soma agora 79.
  • Ronaldo é também o dono do golo mais rápido (3’30” ante Espanha) e segundo mais rápido (3’58” frente a Marrocos) desde Mundial 2018.
  • O craque português tornou-se também no primeiro jogador português desde José Torres, em 1966, a marcar um golo de pé direito, pé esquerdo e de cabeça no mesmo torneio mundial.

Confira todos os ratings e análise do Portugal – Marrocos neste link, obrigado!