Ano novo vida nova mas atenção: esta edição do Ranking mensal de Treinadores GoalPoint (RTG™) diz ainda respeito aos últimos 30 dias de 2015, excluíndo assim os (importantes) acontecimentos do primeiro fim-de-semana futebolístico de 2016. Se é a primeira vez que contacta com o RTGrecomendamos um “salto” imediato ao final do artigo, onde explicamos que metodologia empregamos de modo a identificar o melhor treinador em cada um dos escalões do futebol profissional português. Vamos então aos “misters” em destaque.

Liga NOS: De quase despedido a melhor do mês

O mês de Dezembro até nem tinha começado bem para Norton de Matos. Os seis golos sofridos em Paços de Ferreira configuravam a pior derrota do campeonato, e o treinador do União (nas palavras do próprio presidente), só mantinha o lugar porque não havia tempo para arranjar outro em tempo útil.

RTG 2015/16 - Dezembro 2015 - Liga NOS
Clique para ampliar

A prova de que no futebol não se deve decidir de “cabeça quente” veio três dias depois, e Norton de quase despedido passou a herói, ao garantir um empate contra o campeão e uma vitória contra o líder do campeonato. A importância e o grau de dficuldade destes dois jogos justificam (e de que maneira) o prémio, e Luís Norton de Matos foi, no nosso ranking, o melhor treinador do mês de Dezembro.

Em destaque na Primeira Liga continua Quim Machado. O treinador do Vitória de Setúbal arrancou duas excelentes vitórias fora de casa, e coloca-se assim no topo da tabela, a par do recorrentemente destacado Pedro Martins, responsável pela eliminação do Vitória na Taça, mas apenas após grandes penalidades.

O treinador do Moreirense, Miguel Leal, está em franca recuperação, e teve um mês de Dezembro quase incólume, perdendo apenas contra o líder Sporting.

Pela negativa há a destacar Ricardo Sá Pinto. Apesar da época globalmente positiva, os dirigentes da SAD não tiveram a mesma apreciação, e as quatro derrotas consecutivas terão pesado na sua saída. Ricardo Sá Pinto sai do clube com 249 ponto positivos no RTG, muito por “culpa” da carreira positiva na Europa.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: NOVO REPETENTE NA 2ª LIGA (E O QUADRO DE HONRA MENSAL)