Fevereiro foi, para alguns, o mês do regresso às competições europeias. Bruno Lage estreou-se de forma positiva, Marcel Keizer viu terminado o percurso na Liga Europa e Sérgio Conceição teve em Roma uma primeira mão negativa, que significou a queda do primeiro lugar na classificação geral. Quem aproveitou foi um treinador que também deu dores de cabeça ao “timoneiro” do FC Porto.

Liga NOS: Ivo bisa e sobe ao topo

Ivo Vieira foi o melhor treinador no mês de Fevereiro, repetindo a façanha que já tinha alcançado em Novembro. O treinador do Moreirense teve um mês a roçar a perfeição, com três vitórias e apenas um empate, positivo, contra o líder FC Porto. Ivo Vieira chegou assim ao primeiro lugar do ranking de treinadores da Liga NOS e já leva mais de 600 pontos de avanço sobre o segundo, Jorge Silas.

Quem também esteve em grande foi Lito Vidigal. Recém-chegado ao Boavista, o angolano somou 10 pontos em 12 possíveis e colocou os “axadrezados” numa situação bem mais desafogada do que quando pegou na equipa. Os 776 pontos que acumulou este mês significam ainda o regresso à metade de cima do RTG.

Melhor treinador no mês de Dezembro, Bruno Lage continua a senda de resultados positivos. Nos sete jogos que disputou em Fevereiro, apenas o empate caseiro frente ao Galatasaray destoa, visto que de resto somou seis vitórias. Os triunfos na Turquia e em Alvalade foram os momentos altos e, com apenas 13 jogos na Equipa A, já se encontra no 4º lugar da classificação geral, a 134 de Sérgio Conceição, adversário no próximo jogo.

RTG-Fevereiro-2019-PrimeiraLiga-Classificao
Clique para ampliar

Quem teve um mês para esquecer foi António Folha. O Portimonense viu partir Nakajima e Ewerton e, depois disso, as vitórias ainda não apareceram.

Na próxima página: o melhor da LedMan LigaPro e o “quadro de honra”