O mês de Novembro traz um pódio de Liga NOS exclusivamente preenchido por “caras novas” nestas andanças esta época. Pelo contrário, na Liga Pro, os dois primeiros repetem os bons desempenhos do mês anterior, só que em posições trocadas.

Liga NOS: Velhos são os trapos

Após um Novembro quase perfeito, Vítor Oliveira é o melhor treinador do mês de Novembro na Liga NOS. Aos 66 anos, o comandante do Gil Vicente voltou à Primeira Liga e a um clube que já tinha treinado, para (continuar) a mostrar que ainda tem muito para dar ao futebol português. O mês trouxe três vitórias em três jogos no campeonato, uma delas brilhante contra o Sporting, e apenas o jogo da Taça de Portugal podia ter corrido melhor.

O segundo lugar ficou para Bruno Lage, que venceu os quatro jogos que fez internamente (três para o campeonato e um para a Taça de Portugal) e ainda foi pontuar a Leipzig para a Liga dos Campeões, num resultado que as casas de apostas consideravam bastante improvável (20%).

Ricardo Sá Pinto completa o pódio após um mês que fica apenas manchado pelo empate caseiro diante do Famalicão, mas que trouxe momentos de grande brilhantismo como a vitória no dérbi minhoto. Após um início titubeante, o Braga já é sexto e está a apenas dois pontos do Sporting.

Clique para ampliar

Ivo Vieira está em “queda livre” e teve a pior pontuação mensal pelo segundo mês consecutivo. O Vitória venceu apenas um jogo nos últimos dez.

Na próxima página: o melhor da LigaPro e o “quadro de honra”