RTG-Final-20182019-SegundaLiga-Classificao

Na Ledman Liga Pro, o melhor treinador da época foi Filipe Rocha, mais conhecido por Filó. O homem que começou a temporada nos sub-23 do Aves – tendo por isso arrecadado um troféu – pegou no Sporting da Covilhã à passagem da Jornada 7 com a equipa nos lugares de despromoção, e levou os serranos ao sexto lugar. A sua média de 1,57 pontos por jogo teria dado para ficar em quarto, num clube que estava longe de ser candidato à subida. O reconhecimento do bom trabalho que fez chegou no final da época, com um convite para treinar o Paços de Ferreira – clube que já representou como jogador – na próxima temporada. Vai fazer assim a sua estreia na Primeira Liga.

Vítor Oliveira, o “mestre” das subidas, conseguiu a segunda melhor pontuação da temporada. O Paços era o grande candidato à subida e, claro, com Vítor Oliveira a tarefa ficou ainda mais facilitada. Teve ainda um percurso interessante na Taça de Portugal, com a chegada aos oitavos-de-final, onde só foi eliminado pelo Feirense nas grandes penalidades.

O já falado Bruno Lage, mesmo saindo em Janeiro, conseguiu a terceira melhor pontuação entre treinadores da Ledman Liga Pro, mas houve outros técnicos em destaque.

Carlos Pinto, que entre Académica e Famalicão conseguiu 53% de resultados positivos, carimbou a subida do “Fama”, num percurso que tinha sido iniciado por Sérgio Vieira. Os dois técnico ficaram nos lugares imediatamente a seguir ao pódio.

Uma palavra ainda para Luís Freire, autor da maior surpresa positiva entre técnicos deste campeonato, quando foi vencer o Sporting a Alvalade para a Taça da Liga.

Terminamos com os pódio do Ranking de Treinadores GoalPoint 18/19:

GoalPoint-RTG-20182019-Final-Infog