O fim de uma época muito animada aproxima-se também para o RTG™, o Ranking de Treinadores GoalPoint. Não sabe o que é? Então o melhor é começar por ler este artigo, de modo a perceber como calculamos e avaliamos o trabalho dos “misters”. Dois “treinadores do mês” inéditos, um novo líder no ranking da Ledman LigaPro e o primeiro treinador a marcar presença em “top 3” por dois clubes diferentes. Houve de tudo num preenchido mês de Abril.

Liga NOS: Paços largos para a Europa

Na Liga NOS assistimos à estreia de Jorge Simão como treinador do mês. O treinador do Paços de Ferreira tem vindo desde o início da época a fazer uma campanha positiva, mas curiosamente ainda não tinha conseguido sequer entrar em nenhum dos “top 3” mensais. Pois bem, depois de até ter arrancado o mês com uma derrota no Estoril, o jovem técnico disparou para quatro vitórias seguidas, contra FC Porto e Braga em casa, e ante União e Belenenses fora, e somou a segunda melhor pontuação mensal da época, com 960 pontos! O sexto lugar que dá acesso à Liga Europa foi alcançado e sobram agora dois jogos contra Tondela e Vitória de Setúbal para o manter.

RTG™: O Treinador do mês GoalPoint | Abril 2016
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

Tondela é de onde vem o segundo classificado do mês de Abril. Petit, que tinha acabado o mês de Março no último lugar da classificação geral e dado como despromovido por quase toda a gente, foi arrancar uma vitória épica ao Estádio do Dragão que lhe valeu, só nesse jogo, 388 pontos. A melhor da época até agora, e à qual juntou ainda importantes vitórias contra os concorrentes directos na luta pela permanência, União e Vitória de Setúbal. Ao todo foram nove lugares recuperados no ranking, passando a “lanterna vermelha” de novo para José Viterbo.

Em terceiro lugar ficou o já habitual Lito Vidigal, que tem a Europa praticamente carimbada e lidera a classificação geral em acesso despique com Rui Vitória, que este mês ficou no quarto lugar.

Pela negativa os destaques vão para José Peseiro e Quim Machado. Ambos registaram 736 pontos negativos, descendo 11 lugares na classificação, e terão de fazer bem melhor em Maio se quiserem salvar a época.

NA PRÓXIMA PÁGINA: O TREINADOR DO MÊS LEDMAN LIGAPRO E O “QUADRO DE HONRA”