Ryan Gauld não é mini-Messi, mas em Faro é “gigante” 🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿

-

 Na Escócia, ao serviço do Dundee United, Ryan Gauld estreou-se novo, com 17 anos, graças a uma qualidade técnica acima da média, em especial num futebol mais virado para o “kick’n’rush” do que para o drible e o talento individual. Daqui até angariar a alcunha de “mini-Messi” foi um pulinho. E daí a despertar o interesse de outros emblemas, também não demorou.

Quem ganhou a corrida pelo jovem escocês foi o Sporting, que o trouxe para Portugal em 2014. E começou nesse ano uma nova vida para o talentoso jogador, que provavelmente nunca sonhou fazer grande parte da carreira por estas bandas. Mas a vida tem destas coisas e por cá ficou, com excepção para uma passagem fugaz pelo Hibernians em 2018/19. Regressou a Portugal e, em definitivo, assinou pelo Farense, onde assumiu papel fundamental na subida de divisão dos algarvios, e foi mesmo eleito o melhor jogador da segunda Liga portuguesa – é hoje o capitão da equipa e dá gostou ouvi-lo a dar entrevistas num português perfeito. Agora, na Liga NOS, continua a mostrar serviço, como o fez na última ronda.

[ Os dois MVPs esta época e os números do último jogo, frente ao Marítimo ]

Ryan Gauld é, na sua essência, um extremo, originalmente esquerdo, mas que pode actuar também na direita. A sua versatilidade e mobilidade permitem-lhe, porém, fazer outras posições no terreno, nomeadamente atrás do ponta-de-lança ou como médio-ofensivo. E é precisamente no corredor central que o escocês tem sido utilizado nas últimas jornadas da Liga NOS. Na última das quais fez um golo, de penálti, e uma assistência.

Esta época Ryan soma já três golos e quatro assistências, pelo que esteve directamente envolvido em 67% de todos os golos que a formação de Faro fez esta época na Liga, enquanto teve o criativo em campo. Um peso relevante que corrobora a importância que tem em todo o futebol da equipa. É, aliás, o mais rematador do Farense – entre aqueles com mais de 405 minutos de utilização -, com 2,4 disparos por 90 minutos, e aquele que tem mais enquadrados (0,9). E na Liga é mesmo o sexto em passes para finalização (2,4) e ocasiões flagrantes criadas (0,6).

[ As três épocas de maior relevo de Ryan Gauld na Liga NOS ]

Esta é, sem dúvida, uma época que promete ser de afirmação, após várias de incerteza, pouca aposta no seu futebol e dificuldade em colocar em campo o seu jogo, num campeonato muito físico e que é, por vezes, difícil para jogadores de menor estaleca física. Mas a qualidade e talento de Ryan Gauld têm sabido adaptar-se e é agora, aos 24 anos, um dos jogadores que mais desperta a atenção no campeonato luso.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR