Scouting | Dahoud, o “Özil” de Monchengladbach

-

Numa altura em que a importância dos médios com capacidade ofensiva, mas também defensiva, é cada vez maior no futebol internacional, um jovem jogador alemão, de origem síria, chamou a atenção do Scouting GoalPoint pela capacidade que tem a construir jogo, a rematar, mas também a auxiliar nas acções defensivas da sua equipa. Trata-se de Mahmoud Dahoud, tem 20 anos e está a dar cartas no Borussia Monchengladbach.

Dahoud joga preferencialmente como médio-centro (vulgo box-to-box, ou “8”), mas pode igualmente actuar como médio-ofensivo, em qualquer um dos três corredores. Fez esta época 25 jogos na Liga alemã, marcou quatro golos e somou cinco assistências, no momento em que o analisamos. Apesar de ter nascido na Síria, desde muito cedo começou a jogar pelas selecções jovens da Alemanha, sendo actualmente internacional Sub-20 pela “mannschaft”.

“The next big thing” germânica

Dahoud é um médio completo. Apesar de fisicamente – e no próprio estilo – fazer lembrar Mezut Özil, esta promessa do Gladbach é mais um “8” que um “10”. Consegue, portanto, ser igualmente competente nas duas fases do jogo, ajudando na construção e também na recuperação de bola. Tem uma técnica muito acima da média, sendo um criativo com um drible muito elegante e desorientador. No passe curto e longo tem duas excelentes armas que usa com muita eficácia e, sobretudo, critério.

Defensivamente é um jogador que, apesar de algo franzino, é agressivo e determinado nos duelos, tem relativa capacidade de recuperação de bola e pode ser uma mais-valia também nas transições e momento defensivo do jogo. Ainda assim, esse voluntarismo defensivo terá de melhorar um pouco se quiser estabelecer-se, por exemplo, como um “8” e menos como um “10”. Dahoud ganha apenas 36% dos duelos individuais que disputa, nomeadamente 25% de desarmes, pelo que há ainda margem de progressão neste particular. Mas trata-se de um jovem de 20 anos que já está a cimentar o seu futebol ao mais alto nível, pelo que o céu é o limite.

[vc_table vc_table_theme=”simple”][align-center;bg#c0d6b3]PONTOS%20FORTES,[align-center;bg#ddcece]PONTOS%20DE%20MELHORIA|[bg#c0d6b3]Passe%20longo%20%2F%20curto,[bg#ddcece]Jogo%20a%C3%A9reo|[bg#c0d6b3]Criatividade,[bg#ddcece]Remate%20de%20p%C3%A9%20esquerdo|[bg#c0d6b3]Drible,[bg#ddcece]|[bg#c0d6b3]Controlo%20de%20bola,[bg#ddcece]|[bg#c0d6b3]Agilidade,[bg#ddcece][/vc_table]

Gestão do potencial

Dahoud tem feito um percurso estável e calmo no Borussia Monchengladbach, não queimando etapas. Até agora foi feita uma excelente gestão do potencial deste talento em ebulição. Tem sido titular na sua equipa e o seu treinador confia nele para pensar todo o jogo ofensivo.

Com mais uma a duas épocas nos alemães, Dahoud pode vir a ser a próxima “jóia da coroa germânica”, impondo-se igualmente na selecção principal de Joachim Low. 

Nome: Mahmoud Dahoud
Clube: Borussia Monchengladbach
Nacionalidade: Alemã/Síria
Nascimento: 1996-01-01 (20 anos)
Pé preferencial: Direito
Altura: 1,77m
Peso: 70 kg
Valor de mercado: 2,5 milhões de euros
Contrato até: 30/06/2018

Recomendação GoalPoint*: clube do segmento alto que aposte em jovens.

 

* Recomendação GoalPoint

A recomendação GoalPoint consiste no perfil de clube destino que a GoalPoint Partners considera mais adequado ao desenvolvimento e confirmação do potencial do jogador no momento de carreira em que é por nós analisado. Eis a definição dos segmentos abordados.

Segmento alto – equipas que lutam pelo título nas cinco principais Ligas europeias (Inglaterra, Espanha, Itália, França e Alemanha)

Segmento médio/alto – equipas que disputam as cinco principais Ligas europeias e/ou disputam o título nas Ligas de projecção europeia (Holanda, Portugal, Bélgica, Grécia, Turquia, Rússia, Suíça)

Segmento médio – equipas que disputam Ligas de projecção europeia

Segmento médio/baixo – equipas que disputam a permanência nas Ligas de projecção europeia ou a segunda Liga dos principais campeonatos europeus

Segmento baixo – equipas que disputam a segunda Liga nas Ligas de projecção ou quaisquer outras Ligas europeias (que não as principais ou de projecção)

Miguel Pontes
Miguel Pontes
Engenheiro civil de formação, actualmente na Deloitte, tem dado sequência à sua paixão pela vertente técnica e táctica do futebol, com passagens pelo CF Benfica (Scouting), SG Sacavenense (como técnico adjunto nos sub19 e posteriormente na área de scouting) e colaborações com a Belenenses SAD e diversos agentes.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR