Cinco golos e três assistências, em sete jogos. São estes os números de Riyad Mahrez na Premier League até ao momento. Em Inglaterra já todos se renderam, e começam já a surgir rumores que o ligam a Barcelona e Roma, entre outros. Mas quem é este argelino que está a arrebtar o mundo do futebol neste início de época?

Riyad Mahrez nasceu em França e fez a sua formação num clube de bairro. Muitos dos que se foram cruzando com ele ficavam impressionados com a sua técnica e agilidade, mas era difícil augurar-lhe grande futuro tendo em conta a sua fragilidade física. No entanto Mahrez nunca foi de desistir facilmente, e juntou ao seu talento natural uma velocidade de raciocínio e inteligência que lhe permitem camuflar o seu maior defeito, e evitar o contacto físico na resolução dos desafios que o jogo lhe coloca.

UM ACHADO POR… 500 MIL EUROS

Foi assim que chegou ao Le Havre, e depois de dois anos e meio divididos entre equipa A e B, foi descoberto na Ligue 2 francesa por olheiros do Leicester City, na altura também no segundo escalão do futebol inglês. 500 mil euros foi o valor pago pelo clube do centro de Inglaterra, e Mahrez não demorou a impor-se ajudando os “Foxes” a regressar à Premier League. Esses primeiros seis meses foram de tal maneira convincentes que o argelino acabaria a época com o prémio da presença no Mundial 2014,  onde foi titular no primeiro jogo que opôs a Argélia (de Brahimi e Slimani) à Bélgica.

Mahrez entreva em 14/15 com a moral em alta para atacar a sua primeira época ao mais alto nível, e apesar da errática época das “raposas”, o argelino acabou a temporada com mais de 2.000 minutos, quatro golos e três assistências, tendo contribuído decisivamente para a manutenção com dois golos ao Southampton na 36ª jornada.

Estava em alta o ala-direito franco-argelino, e segundo números do Transfermarkt em Julho deste ano já estava avaliado em 7 milhões de Euros, 14 vezes mais do que tinha custado há apenas ano e meio atrás.

A evolução do valor de mercado de Mahrez (fonte: Transfermarkt)
A evolução do valor de mercado de Mahrez (fonte: Transfermarkt)

Mas foi neste início de época que Riyad entrou definitivamente nos holofotes da Europa do futebol, e para ilustrar esse boom veja-se por exemplo a evolução do seu “overall rating” no popular videojogo FIFA (cujo método de avaliação é mais “científico” do que se imagina). Mahrez passou de 70 para 75 em apenas um mês, apenas mais uma na lista de razões que nos levam a ir à procura do que há de especial neste ainda jovem extremo argelino.

Até os videojogos registam o impacto de Mahrez
Até os videojogos registam o impacto de Mahrez

Para tal, nada como comparar os números do início de época de Mahrez, com o registo 14/15 daqueles que foram unanimemente considerados os melhores alas da Premier League, Eden Hazard e Alexis Sánchez.

Mahrez 15/16Sánchez 14/15Hazard 14/15
Golos p/ 90m0,80,50,4
Remates p/ 90m3,73,72,1
% Remates enquadrados48%40%40%

Apesar de jogar numa equipa como o Leicester, no que toca à finalização Mahrez iguala ou supera os números da época passada dos seus companheiros de Liga no auge da sua forma. A marca de golos por jogo é particularmente impressionante, visto que a este ritmo Mahrez acabará a época com… 30 golos.

Mahrez 15/16Sánchez 14/15Hazard 14/15
Passes p/ ocasião p/ 90m2,92,42,7
Cruzamentos eficazes p/ 90m0,60,40,3
Assistências p/ 90m0,50,20,2

Também aqui os números falam por si. O argelino está insuperável também no que toca ao passe para golo e (consequentes) assistências, anotando o seu nome no livro dos passes para golo uma vez a cada dois jogos. Bem acima dos números de Alexis e Hazard da época passada.

Mahrez 15/16Sánchez 14/15Hazard 14/15
Dribles eficazes p/ 90m5,33,54,8
% Dribles eficazes60%53%61%
Faltas sofridas p/ 90m2,62,23,0

Como já tinha sido escrito acima, a técnica individual é talvez o maior ponto forte do argelino, que o tem procurado demonstrar (com resultados) de forma recorrente neste início de época. O ala-direito do Leicester ultrapassa, em média, os laterais e centrais adversários mais de cinco vezes por jogo, conseguindo um sucesso superior a 60% nas tentativas de drible que faz. Isso resulta ainda num elevado número de faltas sofridas por jogo, sendo neste ponto superada pelo melhor jogador da Premier League a época passada, ainda assim por curta margem.

UM FUTURO BRILHANTE PARA O “FININHO”?

Se ainda não assistiu a nenhum jogo do Leicester esta época, está na altura de o fazer. Mahrez é uma “delícia” para os olhos de qualquer adepto de bom futebol, e podemos estar a presenciar o nascimento de uma nova estrela à escala mundial. Os números não enganham, e apesar de jogar num clube onde à partida teria muito menos oportunidades para desequilibrar ofensivamente do que em Chelsea, Manchester (qualquer deles) ou Arsenal, Mahrez supera em quase tudo os números das duas maiores referências em Inglaterra na sua posição. A continuar assim, Claudio Ranieri bem pode contar com um grande encaixe financeiro nos próximos meses, resta saber qual é o próximo passo do “fininho”, mas talentosíssimo argelino.