Scouting: Pellè, um goleador “late bloomer”

A atenção do Scouting GoalPoint recai, desta feita, sobre um ponta-de-lança já experiente e que se tem imposto no exigente futebol inglês.

Pellè é aquilo que os britânicos classificam de um "late bloomer" (foto: SFC)
Pellè é aquilo que os britânicos classificam de um “late bloomer” (foto: SFC)

Na língua inglesa o termo “late bloomer” permite adjectivar aquele cujas qualidades, sejam elas quais forem, se manifestam mais tarde do que o esperado ou do que a norma. É precisamente esse o caso de um dos reforços da Premier desta época, Graziano Pellè, um avançado italiano de 29 anos que joga actualmente nos ingleses do Southampton. Após ter maturado no Calcio, este jogador mudou-se em 2012/2013 para a Eredivisie, mais precisamente para o Feyenoord, onde brilhou durante duas épocas.

Poder do físico

Pellè tem já uma média de 88,9 minutos por jogo, número que faz transparecer a sua titularidade e importância no plantel dos Saints. Um jogador muito forte fisicamente que tem uma enorme habilidade a segurar a bola e esperar pelo ataque de segunda vaga. Tem uma excelente técnica de recepção de bola e é um finalizador mortífero. Leva seis golos marcados em oito jogos disputados e uma assistência para golo.

Consegue ganhar a maioria dos duelos com os seus adversários. No capítulo dos duelos aéreos, por exemplo, ganhou cerca de 45,2%. Pellè pode actuar como jogador-alvo de modo a dar um bom apoio aos seus colegas mas é perfeitamente adaptável a um sistema de 1-4-4-2 ou 1-4-3-3 com ponta-de-lança fixo.

Tem também uma qualidade de passe razoável, uma eficácia de 76% neste capítulo, e faz cerca de 1,4 passes para ocasião por jogo. Tendo em conta que sofre marcação individual muito apertada dos centrais adversários este é um número muito positivo e indicativo da sua qualidade na frente do ataque.

Aparecimento tardio

Sendo que apareceu na ribalta do futebol europeu apenas aos 27 anos na Holanda, podemos questionar-nos como andou perdido tanto tempo por Itália (passou ainda várias épocas no AZ Alkamaar sem grande impacto, tendo depois voltado a Itália para o Parma). Com uma inteligência muito boa dentro da área e um jogo aéreo quase perfeito, este é um avançado que poderia muito bem ter actuado nos mais diversos campeonatos europeus de alto nível.

O seu potencial está já no seu auge e está claramente a atravessar o período mais positivo e em forma da sua carreira.

Um dado importante é o seu recente aparecimento na selecção italiana. Trata-se de um avançado que poderia já ter figurado na “squadra azzurra”, visto não ser em nada inferior a nomes como Gilardino, Pazzini e outros goleadores italianos.

Nome: Graziano Pellé
Clube: Southampton (Inglaterra)
Nacionalidade: Italiana
Nascimento: 1985-06-15 (29 anos)
Posição: Ponta-de-lança
Pé Preferencial: Direito
Altura: 1,93m
Peso:88 kg
Valor de mercado: 8-9M€
Contrato até: 06.2017

Recomendação GoalPoint*: clube do segmento médio/alto.

 

* Recomendação GoalPoint
a recomendação GoalPoint consiste no perfil de clube destino que a GoalPoint Partners considera mais adequado ao desenvolvimento e confirmação do potencial do jogador no momento de carreira em que é por nós analisado. Eis a definição dos segmentos abordados.

Segmento alto – equipas que lutam pelo título nas cinco principais Ligas europeias (Inglaterra, Espanha, Itália, França e Alemanha)
Segmento médio/alto – equipas que disputam as cinco principais Ligas europeias e/ou disputam o título nas Ligas de projecção europeia (Holanda, Portugal, Bélgica, Grécia, Turquia, Rússia, Suíça)
Segmento médio – equipas que disputam Ligas de projecção europeia
Segmento médio/baixo – equipas que disputam a permanência nas Ligas de projecção europeia ou a segunda Ligados principais campeonatos europeus
Segmento baixo – equipas que disputam a segunda Liga nas Ligas de projecção ou quaisquer outras Ligas europeias (que não as principais ou de projecção)