Scouting: Shinji Okazaki, a ameaça nipónica

O avançado do Mainz é um perigo constante para as defesas contrárias e o atleta que pode dar um salto qualitativo grande caso tenha oportunidade numa equipa de maior nomeada.

Shinji+Okazaki+1

Muitos são os jogadores com potencial e qualidade que semanalmente mostram valor para integrarem, a curto prazo, equipas de maior nomeada. A Europa é especialmente fértil em atletas que dão nas vistas, e nesta perspectiva encaixa-se na perfeição Shinji Okazaki. Trata-se de um japonês de 28 anos que cumpre a sua segunda época nos alemães do Mainz 05, após três temporadas no Estugarda. Tem actualmente quatro golos apontados e é o melhor marcador da sua equipa e da Bundesliga.

Finalizador implacável

Okazaki actua preferencialmente como avançado, um verdadeiro predador na frente de ataque. Móvel, ágil, rápido e evoluído tecnicamente, características que fazem de Okazaki um dos melhores atacantes da Liga alemã.

É um avançado que na última época fez 15 golos e uma assistência, com uma média de 2,2 remates por jogo. Apesar de não ser um jogador alto – tem apenas 1,74m de altura -, ganha cerca de 3,3 duelos aéreos por jogo devido ao seu excelente posicionamento e impulsão. Não é, portanto, apenas um jogador que cai nas alas e explora bem os espaços entre os defesas, pois consegue dar bastante trabalho aos centrais também quando é solicitado num tipo de jogo mais directo.

Sendo muito evoluído tecnicamente, é um jogador que tem uma condução de bola e drible muito bons. Sempre que vê uma oportunidade não tem qualquer receio de rematar à baliza adversária.

https://www.youtube.com/watch?v=Bf39GBy3qgM

O que Shinji pode melhorar

Com 28 anos de idade Shinji Okazaki apresenta-se num estado de maturação perfeito para um ponta-de-lança. Irá ainda ter cerca de quatro ou cinco épocas no auge das suas capacidades, mas tem também ainda potencial para, numa equipa superior, dar um salto qualitativo em certas características.

Visto que normalmente joga sozinho na frente de ataque, apesar de poder actuar perfeitamente num sistema de dois avançados, Okazaki tem de melhorar substancialmente a capacidade de efectuar passes de rotura para os colegas. Tem uma média de apenas 0,8 passes para ocasião por jogo, número que ao ser melhorado poderá fazer deste temido finalizador um jogador importante também na criação de jogadas de golo, ou aumentar o seu número de assistências.

Com a mobilidade que lhe é reconhecida, se trabalhar um pouco os seus movimentos nos corredores laterais ou combinações no espaço entre central e lateral, poderá também ganhar uma panóplia ainda maior de faculdades que o tornem num avançado mais completo.

Terá sem dúvida qualidade para jogar numa equipa com maiores aspirações, de modo a continuar fazer abanar as redes dos adversários em estádios ainda mais vibrantes e competitivos. Okazaki é o perfeito exemplo do fino recorte existente nos jogadores do “país do sol nascente”. Um mercado muito proveitoso para os olheiros alemães e que dá aos clubes compradores matéria-prima com potencial e qualidade.

Nome: Shinji Okazaki
Clube: Mainz 05
Nacionalidade: Japonesa
Nascimento: 1986-04-16 (28 anos)
Posição: Avançado
Pé preferencial: Direito
Altura: 1,74m
Peso: 66 kg
Valor de mercado: 3 a 6M€
Contrato: Junho, 2016
Recomendação GoalPoint*: clube de segmento Alto- Com os seus 28 anos está no momento ideal da carreira para dar o salto para um equipa com maior projecção. Tem qualidade técnica para singrar no ataque de qualquer liga europeia.

 

* Recomendação GoalPoint
a recomendação GoalPoint consiste no perfil de clube destino que a GoalPoint Partners considera mais adequado ao desenvolvimento e confirmação do potencial do jogador no momendo de carreira em que é por nós analizado. Eis a definição dos segmentos abordados.

Segmento alto – equipas que lutam pelo título nas cinco principais ligas europeias (Inglaterra, Espanha, Itália, França e Alemanha)
Segmento médio/alto – equipas que disputam as cinco principais ligas europeias e/ou disputam o título nas ligas de projecção europeia (Holanda, Portugal, Bélgica, Grécia, Turquia, Rússia, Suíça)
Segmento médio – Equipas que disputam ligas de projecção europeia
Segmento médio/baixo – Equipas que disputam a permanência nas ligas de projecção europeia ou a segunda liga das principais ligas europeias
Segmento baixo – Equipas que disputam a segunda liga nas ligas de projecção ou quaisquer outras ligas europeias (que não as principais ou de projecção)