Os rumores de transferências a nível nacional e internacional já começaram. Recentemente surgiu na imprensa a possibilidade de Zakaria Bakkali rumar ao Estádio da Luz, para reforçar o Benfica numa das alas, para logo a seguir surgir associado aos “dragões”. Oportunidade, por isso, para deitar um olhar sobre um jogador há muito visto como uma promessa e que chegou ao momento crucial de afirmação.

Zakaria Bakkali tem apenas 19 anos e joga actualmente no PSV Heindhoven. Tem actuado mais pela equipa secundária, uma vez que decidiu não prolongar o vínculo que tinha com o clube holandês. Pela equipa principal dos recém-consagrados campeões holandeses fez 23 jogos – dois de qualificação para a Liga dos Campeões, quatro na Liga Europa, 16 na Eredivisie e um na Taça da Holanda. Conta com quatro golos, um na terceira pré-eliminatória da Champions e três na Liga holandesa, notavelmente um “hat-trick” frente ao NEC a 10 de Agosto de 2013, tinha 17 anos – tornou-se desta forma no mais jovem jogador da história a marcar três golos num jogo do campeonato daquele país.

Bakkali nasceu na Bélgica, em Liège, mas possui igualmente nacionalidade marroquina, tendo feito, porém, a sua estreia pelos belgas a 15 de Outubro de 2013.

CRIATIVIDADE E FINTA

Este pequeno talento tem cerca de 1,64m de altura, o que lhe confere um centro de gravidade muito baixo. Assim, forma Bakkali confunde os adversários com constantes mudanças de direcção e com uma agilidade incrível.

Joga nos corredores laterais como extremo, mas consegue também fazer a posição “10” ou até jogar como segundo-avançado, num sistema de dois pontas-de-lança, muito usado, aliás, pelo treinador do Benfica, Jorge Jesus.

Apesar de se posicionar como extremo, Zakaria é, na prática, um médio-ala moderno, que gosta de flectir para o centro e tentar o remate. Tem um pé direito com um disparo colocado e potente, mas na hora de usar o pé esquerdo não hesita. Tem uma velocidade bastante boa a nível do arranque e sprint e conjuga toda essa potência física com um drible curto enganador e de excelente recorte.


PARA CRESCER

Bakali é um jogador que precisa de crescer, sobretudo a nível táctico. Caso consiga dar um contributo maior na fase defensiva tornar-se-á um jogador muito mais completo e importante para qualquer treinador. Ainda é daqueles médios que vive apenas para as transições e ataque, pecando bastante no momento de recuperar posição ou a bola.

Caso se confirme a mudança para Portugal, este belga pode estabelecer-se se tiver tempo para crescer, e depois dar o salto para um clube da Europa de um campeonato mais competitivo. Com 19 anos a próxima época será crítica, uma vez que nesta temporada não teve o ritmo que necessita para se desenvolver e evoluir mais ainda.

Nome: Zakaria Bakali
Clube: Twente
Nacionalidade: Belga
Nascimento: 1996-01-26 (19 anos)
Posição: Extremo
Pé preferencial: Direito
Altura: 1,64m
Peso: 57 kg
Valor de mercado:900mil-1,5M euros
Contrato até: 30/06/2015

Recomendação GoalPoint*: clube do segmento médio/alto que aposte em jovens.

 

* Recomendação GoalPoint
a recomendação GoalPoint consiste no perfil de clube destino que a GoalPoint Partners considera mais adequado ao desenvolvimento e confirmação do potencial do jogador no momento de carreira em que é por nós analisado. Eis a definição dos segmentos abordados.

Segmento alto – equipas que lutam pelo título nas cinco principais Ligas europeias (Inglaterra, Espanha, Itália, França e Alemanha)
Segmento médio/alto – equipas que disputam as cinco principais Ligas europeias e/ou disputam o título nas Ligas de projecção europeia (Holanda, Portugal, Bélgica, Grécia, Turquia, Rússia, Suíça)
Segmento médio – equipas que disputam Ligas de projecção europeia
Segmento médio/baixo – equipas que disputam a permanência nas Ligas de projecção europeia ou a segunda Liga dos principais campeonatos europeus
Segmento baixo – equipas que disputam a segunda Liga nas Ligas de projecção ou quaisquer outras Ligas europeias (que não as principais ou de projecção)