Ser apanha-bolas… no sentido literal

Um jovem apanha-bolas do Open da Austrália não ganhou para o susto ao ser atingido na zona mais sensível por uma bola de serviço disparada a cerca de 196km/h. Apesar dos sorrisos, a dor foi indisfarçável, mas valeu-lhe o aplauso do público.