Sevilla 🆚 Man United | Lopetegui mais feliz que Bruno

-

GoalPoint-Sevilla-Man-Utd-Europa-League-201920-Ratings
Clique para ampliar

Sevilha e Liga Europa são nomes indissociáveis. Mais uma vez a formação da Andaluzia conseguiu apurar-se para a final da competição que já conquistou por cinco vezes, eliminando o Manchester United nas meias-finais. Os ingleses ainda estiveram na frente, mas a segurança espanhola nas trocas de bola e na construção permitiu-lhes empatar e, depois, fechar um triunfo que tem muito de eficaz, perante a diferença entre as duas equipas no capítulo do remate.

Bruno Fernandes, de grande penalidade, inaugurou o marcador aos nove minutos, após falta de Diego Carlos sobre Marcus Rashford. Mas o Sevilha era a equipa a mostrar-se mais activa na procura do golo e, quando empatou aos 26 minutos, por Suso, ao quarto remate, primeiro enquadrado, registava 69% de posse de bola, com uma circulação da mesma muito interessante (89% de eficácia global).

E o primeiro tempo foi mesmo isso, um jogo com mais futebol por parte dos espanhóis, mais posse de bola, mas o United a ser muito lesto na partida para o contra-ataque, registando ao descanso nada menos que 11 disparos contra quatro do emblema contrário, embora houvesse equilíbrio nos enquadrados (3-2 para os ingleses).

O jovem Greenwood, de 18 anos, quase marcou no reinício da partida, mas Yassine Bono saiu-se e evitou um golo quase certo. O United entrou bem melhor no segundo tempo, com muitos lances de perigo, e mesmo quando perdeu de novo o domínio territorial, continuou a ser a formação mais rematadora. Mas foi no primeiro disparo enquadrado dos andaluzes na segunda parte que estes se colocaram em vantagem. Aos 78 minutos, Jesús Navas cruzou da direita e Luuk De Jonk, sem marcação na grande área contrária, só teve de encostar para o 2-1.

Até final, o United bem tentou recuperar da desvantagem, mas o Sevilha sentiu-se muito confortável no papel de expectativa, bem recuado no terreno, nunca desperdiçando a possibilidade de “esconder” a bola dos ingleses com trocas de bola seguras. Mais uma vez, o emblema espanhol está na final da “sua” Liga Europa.

Paul Pogba 8.2 – Exibição de nível do francês, que foi o melhor em campo. Pogba criou uma ocasião flagrante em quatro passes para finalização, completou 89% dos passes que realizou, recuperou 12 vezes a posse de bola e teve êxito em impressionantes nove de 11 tentativas de drible. Mas não chegou.

Bruno Fernandes 7.9 – O português voltou a ser senhor de uma exibição de grande qualidade. O médio português fez o golo da sua equipa, de penálti, enquadrou dois de seis remates e criou uma ocasião flagrante em cinco passes para finalização.

Yassine Bono 7.3 – O melhor da formação sevilhista acabou por ser o seu guarda-redes, perante os muitos remates do United ao longo da partida. O marroquino terminou a partida com seis defesas, três a remates na sua grande área.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR