O cenário é tão académico como interessante: face a saídas, confirmadas ou prováveis, e num contexto de crescente (ideal?) racionalização financeira dos “três grandes”, que reforços sugere o GoalPoint para um investimento igual ou inferior a 25 milhões de euros? Após realizarmos semelhante exercício para o Sporting CP, abordamos agora o caso do SL Benfica.

Sporting CP - 10 reforços por 25 milhões
Leia também: Sporting CP, 10 reforços por 25 milhões

As notícias dos últimos dias parecem recolocar o Benfica novamente perante um cenário de reconstrução como o vivido no defeso 2014/15, com um ponto adicional: uma mudança de treinador após um período de seis anos de consolidação e estabilidade. Dará Rui Vitória seguimento ao legado (4-4-2) de Jesus ou avançará para um 4-3-3? Que saídas somará o bicampeão nacional? Tentamos neste exercício contemplar estas dúvidas sugerindo soluções, num cenário “what if” assente no seguintes pressupostos.

Saídas equacionadas: Gaitán, Lima, Jonas, Ola John, Maxi Pereira

Posições a reforçar: defesa-esquerdo, defesa-direito, médio-ofensivo centro, extremo-esquerdo, extremo-direito, dois pontas-de-lança.

Avancemos então para os reforços sugeridos.

 

Defesa-esquerdo: NICO SCHULZ (Hertha Berlim)
Nico Schulz
Nico Schulz, Hertha Berlim

Idade: 22
Peso: 74kg
Altura: 1,80m
Posição: DE
Valor de mercado (aprox.): 
2,5 milhões de euros
Clube (Liga): Hertha Berlim (Bundesliga, Alemanha)

Nico Schulz tem 22 anos e formou-se onde ainda joga: nos alemães do Hertha Berlim.  Nico percorreu as camadas jovens da Alemanha desde os Sub-17, sendo agora um dos pilares dos Sub-21. Schulz é um lateral que gosta de arriscar no um-para-um, recorrendo ao drible, e é capaz de dar profundidade à lateral esquerda. O jovem alemão é ainda dono de um potente remate. Não sendo um jogador excepcional ao nível do passe e cruzamento, Nico compensa eventuais falhas com um contributo eficaz na fase defensiva, em particular no posicionamento que assume durante as etapas, bem como no desarme.

Com ou sem Eliseu, Schulz seria um bom investimento para os “encarnados”.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: CONCORRÊNCIA PARA ELISEU