Atletico-Madrid-Sporting

O Sporting, última equipa portuguesa ainda em competição na edição deste ano das competições europeias de futebol, vai defrontar a equipa espanhola do Atlético de Madrid nos quartos-de-final da Liga Europa, ditou o sorteio realizado na passada sexta-feira (16 de Março de 2018) em Nyon, na Suíça.

A primeira mão realiza-se a 5 de Abril, na capital espanhola, e a segunda a 12 do mesmo mês, no Estádio José Alvalade, em Lisboa. O Atlético de Madrid é uma das equipas favoritas à vitória na competição e o treinador do Lokomotiv de Moscovo, Yuri Semin, dá mesmo como certo que a equipa madrilena a vai conquistar.

“O Atlético Madrid vai ganhar a Liga Europa. As outras equipas não vão ter hipóteses contra o Atlético Madrid”, disse Semin, citado pelo diário desportivo AS, após o jogo em que a sua equipa foi eliminada pelos espanhóis. Mas há quem não tenha tanta certeza disso e esteja a pensar aproveitar o Nossa Aposta Bónus, a contar com uma surpresa.

Entretanto, segundo disse à agência EFE, Clemente Villaverde, gestor e conselheiro do
Atlético de Madrid, o encontro dos quartos-de-final contra o Sporting na Liga Europa é “um
encontro interessante” e “acessível” para os espectadores. “É um jogo interessante e com uma deslocação acessível para os adeptos”, comentou o ex-jogador em relação ao encontro dos “quartos” entre os “colchoneros” e a equipa portuguesa. “Para nós é igual jogar a primeira ou a segunda mão em casa. A esta altura da competição, os dois jogos têm a mesma importância. Há que enfrentar as coisas quando vêm”, acrescentou o director do Atlético.

Embora tenha comentado que “as oito equipas são favoritas”, Villaverde realçou a força dos
adeptos do seu clube. “A esperança é um factor com o qual contamos sempre, nisso acredito que há pouca gente que nos possa ganhar”, concluiu o responsável madrileno. A equipa de Diego Simeone chega a esta fase da prova depois de, tal como o Sporting, ter
sido eliminada na fase de grupos da Liga dos Campeões.

O embate do Atlético frente ao Lokomotiv de Moscovo deixou marcas na equipa espanhola,
que divulgou na manhã desta sexta-feira que os exames radiológicos confirmaram a fractura do perónio da perna esquerda do lateral Filipe Luis. Devido ao tempo estimado de recuperação, de dois a quatro meses, o internacional brasileiro de 32 anos perde o resto da temporada e, provavelmente, a sua terceira oportunidade de disputar o Campeonato do Mundo, que se disputa este verão na Rússia.