O Sporting CP empatou a um golo frente ao Paços de Ferreira na segunda jornada da Liga NOS 2015/16, repetindo o (desapontante) desfecho da época passada, em véspera de viajar para Moscovo para um duelo fulcral frente ao CSKA.

Liga NOS 2015/16: Sporting CP vs Paços de Ferreira, Jornada 2 - Onzes
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

Previam-se alterações no “onze” leonino, após três partidas consecutivas a apresentar a mesma equipa e com uma deslocação à Rússia na agenda. Jesus aproveitou para repousar Adrien e Gutiérrez, lançando Aquilani e Montero no 4x4x2 (já) habitual. Do lado do Paços, Jorge Simão repetia o 4x3x3 que lhe havia garantido a vitória na primeira jornada frente à Académica, lançando Edson na vaga de Jota, castigado.

MARCAR SEM NUNCA “ENGRENAR”

A primeira parte abriu logo aos 50 segundos com um alerta dado pelo Paços, num remate que levava algum perigo à baliza de Rui Patrício. O Paços repetiria os alertas, a espaços, quase sempre empurrado pelos extremos (Edson e Roniel motivaram recorrentes preocupações, sobretudo para João Pereira) e por um irreverente Andrezinho. Já no Sporting a bola tardava em chegar à linha da frente, sinal de que algo não corria bem na fase de construção (Slimani terminaria o primeiro tempo apenas com um remate efectuado).

Liga NOS 2015/16: Sporting CP vs Paços de Ferreira, Jornada 2 - 1º Tempo
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

Se por um lado João Mário mantinha a qualidade de passe e preponderância de sempre (terminou com 65 passes com 91% de eficácia), já Aquilani nunca chegou a mostrar a fiabilidade e rendimento que Adrien havia demonstrado na posição até este jogo. Ainda assim o final da primeira parte traria o golo leonino, fruto de um remate cruzado de Carrillo após assistência de um (novamente) apagado mas (também repetidamente) influente Bryan Ruiz. O Sporting ia para o descanso com um golo marcado… no único remate enquadrado que efectuou.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: O SEGUNDO TEMPO E O HOMEM DO JOGO E O RESUMO (VÍDEO)