O Sporting CP goleou o Skenderbeu por 5-1 obtendo a primeira vitória na fase de grupos da Liga Europa, indispensável à manutenção da ambição de chegar longe na prova. Os albaneses foram presa fácil para os “leões”, sobretudo após se verem reduzidos a 10 elementos bem cedo num jogo onde, para lá dos golos, saiu reforçado o “alerta estrela” em redor de Matheus Pereira.

Jorge Jesus avisou que ia “poupar” titulares e dar oportunidade às segundas linhas. EEuroEuumpriu. O treinador lançou apenas um titular no onze inicial, Rui Patrício, dando a oportunidade a diversos jogadores e promovendo até algumas estreias na prova, com destaque para Bruno Paulista e Matheus. Os albaneses apresentaram-se num 4-5-1, que viria a ser reduzido a um 4-5-0 com a expulsão do (único) avançado Salihi por acumulação de amarelos aos 23′.

PENALTIES DESBLOQUEIAM

Apesar de ténues ameaças por parte do Skenderbeu o Sporting tomou conta do jogo bem cedo, intensificando o domínio após a expulsão. Os leões terminaram o primeiro tempo com 10 remates, sete deles enquadrados, mas tiveram de aguardar por duas grandes penalidades (aos 38 e 41 minutos) para dar golos à superioridade demonstrada noutros indicadores (70% de posse).

Aquilani e Montero foram os autores dos remates certeiros que permitiram aos “leões” regressar do intervalo dispostos a dar outro colorido ao marcador.

> NA PRÓXIMA PAGINA: “JUVENTUDE LEONINA” À SOLTA