Sporting 🆚 Porto | Antevisão e dicas de betting 🔥

-

Já este sábado joga-se o primeiro grande “clássico” da Liga Bwin 2020/21, entre Sporting e FC Porto. O facto de se disputar poucos dias após a pausa para os jogos das selecções torna este embate especial, e não pelas melhores razões. Vários jogadores, não só de “leões” e “dragões”, acabaram de actuar em continentes diferentes, tendo poucas horas para recuperar fisicamente do desgaste dos encontros, das viagens, das diferenças horárias. Rúben Amorim reconheceu que os portistas, que tiveram nomes como Luis Díaz e Matheus Uribe em acção pela Colômbia, terão a tarefa mais difícil para preparar este embate escaldante no Estádio José Alvalade (20h30), mas os próprios lisboetas estão com baixas importantes, que podem ter peso no desfecho.

Ainda a “procissão vai no adro” da Liga, como se costuma dizer, e pouco separa ainda as duas equipas. Contudo, são dois conjuntos que mantiveram treinadores da época passada, estruturas semelhantes, pelo que já dá para olhar para a partida com olhos críticos, recorrendo às estatísticas para antever o que pode acontecer.

Bónus Clássico SCP x FCP 👉 Aposta mínima de 10€ em pré-jogo, simples, com odd igual ou superior a 2.00, e ganha bónus de + €10, independentemente do resultado da aposta

GoalPoint-Preview-Jornada5-Sporting-Porto-Liga-Bwin-202122-1-infog
Clique para ampliar

Os dois conjuntos têm registos iguais na tabela classificativa. Ambos ocupam o segundo lugar, com dez pontos, referentes a três vitórias e um empate, e precisamente com os mesmos desfechos, o que resulta em oito golos marcados e dois sofridos até ao momento. Os estilos são diferentes: o Sporting mantém-se fiel ao 3-4-3, com algumas mexidas no plantel, nomeadamente as chegadas de Ricardo Esgaio, Rúben Vinagre, Manuel Ugarte ou Pablo Sarabia, com a saída de Nuno Mendes a ser a baixa mais importante. O Porto “aproveitou” a saída de Moussa Marega para apostar em definitivo (?) no 4-4-2, com Mehdi Taremi e Toni Martínez a garantirem um poder de fogo adicional, e têm no brasileiro Pepê a grande contratação.

Ambas As Equipas Marcam Sim/Não 👉 Apostar!

Estilos ofensivos contrastantes

[ As acções ofensivas perigosas do Sporting (esquerda) e do Porto (direita) na Liga Bwin 21/22 ]

O simples facto de as duas equipas apresentarem esquemas tácticos muito distintos ajuda a perceber algumas das diferenças que os analytics detectam. Os mapas de acções ofensivas perigosas acumuladas nestas quatro primeiras jornadas mostram isso mesmo – os tracejados são as conduções aproximativas, as estrelas os dribles completos, as setas azuis as faltas sofridas. Ambas as formações apostam muito nas investidas pelos flancos, mas essa tendência é mais acentuada do lado portista no que toca a conduções com bola. Os lisboetas diversificam mais a forma como atacam o meio-campo adversário e o último terço. Mesmo que, depois, tal não tenha correspondência noutros números, dos cruzamentos, como veremos posteriormente.

Porto pressiona mais à frente

[ As acções defensivas de Sporting (esq.) e Porto (dta.) ]

Tudo dependerá de como o jogo se desenvolver e como evoluirá o marcador, mas há marcas diferentes na forma como os dois conjuntos abordam os momentos sem bola, algo que já se testemunhávamos na época passada, e que nesta confirma-se. Se essas marcas se verificarem no “clássico”, não será de espantar se, em diversos momentos, o Sporting recuar um pouco. As acções defensivas até ao momento mostram que os portistas apostam no desarme, nas intercepções, nos alívios e nos bloqueios em zonas um pouco mais adiantadas do terreno, como se pode constatar pelos mapas acima. Mas, lá está, dependerá das necessidades de cada lado nos diversos momentos.

Uma ausência de peso no “leão”

Os dados acumulados das quatro jornadas apontam o “leão” Pedro Gonçalves e o “dragão” Otávio como os jogadores em melhor forma nas duas formações. Acontece que o primeiro vai estar ausente, devido a lesão, do grande jogo – e também do encontro da Liga dos Campeões com o Ajax e da Liga com o Estoril, confirmou o treinador Rúben Amorim. Fica, assim, de fora o melhor marcador da última Liga e um jogador que leva já três tentos em quatro partidas, e que é o que mais remates conta por 90 minutos (4,2, sendo 3,4 de bola corrida).

Gonçalo Inácio, Tiago Tomás e Manuel Ugarte estarão também fora por lesão, mas Otávio, que recentemente se esteou como internacional português (e com um golo marcado) e foi o Jogador do Mês GoalPoint Ratings de Agosto, esse estará presente no grande jogo. Não tem o golo de “Pote”, mas leva já duas assistências, o máximo de passes ofensivos valiosos (14), e ante o Arouca fixou dois máximos defensivos numa só partida: nove acções defensivas no meio-campo contrário e oito desarmes. Um verdadeiro “todo-o-terreno” que será certamente fundamental nos equilíbrios portistas em Alvalade.

+2.5/-2.5 golos 👉 Apostar!

Potencial substituto de “Pote”

GoalPoint-Pablo_Sarabia_2020_vs_Pablo_Sarabia_EURO2020-infog
Clique para ampliar

Perante as ausências esperadas, Rúben Amorim poderá apostar em Jovane Cabral e Nuno Santos no apoio a Paulinho, mas não será de descartar que Pablo Sarabia, a sonante contratação que chega por empréstimo do Paris Saint-Germain, seja lançado, mesmo que não de início. O próprio Rúben Amorim afirmou que o espanhol está mais do que pronto, uma vez que tem tido muitos minutos em campo esta época, incluindo pela selecção.

Do lado portista, a dúvida poderá recair sobre Luis Díaz e Matheus Uribe, que estiveram ao serviço da Colômbia, mas se no caso do extremo a sua substituição pode ser mais fácil, com a entrada do brasileiro Pepê, já no caso do médio as opções de Sérgio conceição parecem mais restritas.

Parte com mais golos 👉 Apostar!

Factos estatísticos

  • Nos embates em Alvalade entre os dois conjuntos, o Sporting leva vantagem com 45 vitórias em 87 confrontos, mais 22 empates e 20 sucessos para os portistas.
  • Nas últimas cinco temporadas registaram-se três empates – incluindo um 2-2 na época passada – e uma vitória para cada lado.
  • Em confronto estarão a quinta (61, SCP) e a segunda (64, FCP) equipas mais rematadoras até ao momento na Liga Bwin.
  • “Leões” e “dragões” registam uma percentagem semelhante de conversão de remates em golo (cerca de 13%).
  • Apesar de o Porto jogar com dois pontas-de-lança, o Sporting leva uma ampla vantagem no número de remates realizados após cruzamento (13-5), isto porque tem apostado muito mais nos cruzamentos (79) do que os “dragões” (36).
  • Porém, essa estrutura portista permite-lhe ter muito mais acções com bola nas áreas contrárias (135, segundo valor mais alto) do que os sportinguistas (99, quarto valor).
  • O Porto lidera a Liga em passes aproximativos (183 contra 168 do “leão”) – passes que permitem redução de distância para a baliza em pelo menos 25% e pelo menos dez metros.
  • O Porto é a segunda equipa com menos remates permitidos no geral (27) e na área (13), Sporting sexto (38) e terceiro (15) nestes parâmetros.
  • Ambas as equipas têm o mesmo número de ocasiões flagrantes criadas (10), o Porto converteu 42%, o Sporting 33%.
GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.