Sporting 🆚 Real Madrid | Pormenores ditam adeus

-

[vc_tta_tabs][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-line-chart” title=”GoalPoint Ratings” tab_id=”1465571624475-01e55dfc-58e2″ add_icon=”true”]
goalpoint-sporting-real-madrid-champions-league-201617-ratings
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_position=”right” i_icon_fontawesome=”fa fa-trophy” title=”Melhor em Campo ” tab_id=”1465571693503-4a0f9bf6-e654″ add_icon=”true”]
goalpoint-sporting-real-madrid-champions-league-201617-mvp
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” title=”45m” tab_id=”1465571624614-ba177b16-4154″ add_icon=”true”]
goalpoint-sporting-real-madrid-champions-league-201617-45m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][vc_tta_section i_icon_fontawesome=”fa fa-futbol-o” title=”90m” tab_id=”1465571672809-6f7d6717-7b04″ add_icon=”true”]
goalpoint-sporting-real-madrid-champions-league-201617-90m
Clique para ampliar
[/vc_tta_section][/vc_tta_tabs]

O Sporting disse adeus à hipótese de prosseguir na Liga dos Campeões com uma derrota tangencial diante do Real Madrid, e novamente definida nos instantes finais, tal como havia sucedido em Madrid. Os “leões” voltaram a exibir-se em bom plano mas a falhar nos pormenores que fazem a diferença, restando agora aos “verde-e-brancos” assegurar o terceiro lugar que dá acesso à Liga Europa.

O Jogo explicado em Números 📊

  • Os “leões” entraram atrevidos, somando até o primeiro remate do encontro, mas por volta dos 15 minutos o Real ia controlando as operações, com 58% de posse, fazendo recuar os da casa. O jogo decorria “morno” ofensivamente: aos 25 minutos somavam-se apenas dois remates, ambos desenquadrados, um para cada lado.
  • O golo chegou aos 28 minutos sem que o caudal ofensivo o justificasse, para qualquer um dos lados. Varane fez o tento inaugural com assistência de Cristiano, ao segundo remate “blanco”. Pouco depois, Bruno César empataria em remates (2-2), perdendo uma grande ocasião.

  • Intervalo Finda a primeira parte e perante um jogo ofensivamente pobre, o GoalPoint Ratings destacava sobretudo os defesas, de um lado e de outro, com Varane 6.5  naturalmente à cabeça, seguido de Sérgio Ramos, 5.7. Já do lado leonino Zeegelar 5.5 registava o rating mais elevado, com Gelson 4.6 atipicamente abaixo do seu nível habitual, falhando ao nível do passe/cruzamento e drible.
  • Os “leões” voltaram do intervalo com vontade de discutir o resultado, expressa nos números: oito cruzamentos e um remate, contra zero dos “blancos”, aos 55 minutos. Apesar de tudo continuavam a ser os homens mais recuados a destacar-se, com Coates à cabeça:

  • O minuto 64 acabaria por ser fatal para as aspirações do Sporting, com a expulsão de João Pereira por suposta agressão a Kovacic a condicionar os “verde-e-brancos”, que somavam até então 2-0 em remates no segundo tempo.
  • O Sporting viria a empatar por intermédio de Adrien, após grande penalidade cometida por Fábio Coentrão (entretanto lançado na partida), mas o “leão” viria a tombar (novamente) nos instantes finais, com uma cabeçada certeira de Benzema a dar a vitória a um campeão europeu que terminou o jogo em superioridade numérica mas empatado com os “verde-e-brancos” em remates, disparos enquadrados e passes para ocasião.

O Homem do Jogo 👑

Os centrais “blancos” terminaram o jogo com os melhores GoalPoint Ratings da partida, o que acaba por valorizar a exibição leonina. Varane, com 7.0, brilhou mais alto, não só pelo golo, mas também ao bloquear dois remates sportinguistas e ao somar cinco alívios e dois desarmes. E ainda somou tantos remates no encontro quanto os efectuados por… Cristiano Ronaldo: 2. Do lado leonino, o mesmo “fado” estatístico: dois defesas, Zeegelar e Coates como os melhores em campo.

Jogadores em foco 🔺🔻 

  • Zeegelaar 6.4 – Ninguém criou mais oportunidades que ele (duas), que teve uma eficácia de passe muito acima da média num lateral (91%). Para além disso ainda fez 9 acções defensivas.
  • Coates 6.3 – Mais um grande jogo do uruguaio na Champions. Fez um total de 22 acções defensivas, entre elas 8 intercepções, mais do que os outros três defesas juntos.
  • Ronaldo 4.9 – Nota negativa apesar da assistência. Rematou atipicamente pouco (apenas duas vezes) e foi desarmado seis vezes, contra quatro dos restantes 13 jogadores do Real.
  • Patrício 4.7 – Sofreu dois golos e a única defesa que fez foi a um remate de Ronaldo… que ía para fora. Números pobres para o seu pedigree.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.
GoalPoint

GRÁTIS
BAIXAR