Sporting 🆚 Santa Clara | Super-Coates volta a ser herói 🦾

-

GoalPoint-Sporting-Santa-Clara-Liga-NOS-202021-Ratings
Clique para ampliar

TotoRating Banner

Arrancado a ferros… à campeão? O Sporting esteve a poucos segundos de registar o terceiro empate em casa, perante um Santa Clara que não foi em nada inferior aos “leões” e até conseguiu ser superior em termos ofensivos em determinados momentos. Perto do fim, com o empate a uma bola, os visitantes estavam mais perto de aplicar a primeira derrota à formação de Alvalade esta temporada na Liga, mas no derradeiro minuto dos descontos, Sebastián Coates voltou a ser herói e fez, de cabeça, o golo que dá mais três pontos aos líderes da Liga NOS. Pedro Gonçalves e Rui Costa fizeram os outros golos.

Resumo 📺

O jogo explicado em números 📊

  • Rúben Amorim procedeu a duas alterações em relação à equipa que empatou no Dragão sem golos. O lesionado Pedro Porro deu o seu lugar a Matheus Nunes e Bruno Tabata rendeu Nuno Santos. Pierre Sagna, titular pelo Santa Clara no triunfo por 3-0 sobre o Paços de Ferreira, saiu e, neste encontro, o escolhido para actuar a defesa-direito foi Rafael Ramos.
  • Mais dificuldades para o Sporting do que eventualmente a formação leonina esperava. No primeiro quarto-de-hora dominou em termos de posse de bola (64%), mas só o Santa Clara registou remates, dois, um deles enquadrados, teve mais acções na área adversária, quatro contra uma apenas dos homens da casa, e mais cantos (3-1).

  • Mas o Sporting esta temporada não precisa de muito para marcar. Aos 22 minutos, boa jogada colectiva, Bruno Tabata encontrou Pedro Gonçalves na área e este, sem perder tempo, rematou cruzado para o fundo da baliza. Um disparo, um golo para os líderes do campeonato.

  • E nada mudou até à meia-hora. Sporting com muito mais bola, mas só com um remate, o suficiente para estar em vantagem. As duas formações estavam como que encaixadas e sem conseguirem criar situações de golo. Pedro Gonçalves liderava os ratings nesta fase, com 6.0, pelo golo, essencialmente. Carlos Júnior, com 5.8, era o melhor dos açorianos, já com dois remates e três acções com bola na área contrária.

  • Intervalo Vantagem do Sporting ao descanso, mas a bem da verdade, nenhuma das equipas fez o suficiente para estar na frente do marcador. Os “leões” tiveram mais bola, o Santa Clara rematou mais (2-1…) mas só no início da partida. Os líderes do campeonato fizeram um remate, aos 22 minutos, e marcaram um golo, pelo inevitável Pedro Gonçalves. Depois disso, nulo autêntico nos ataques das duas formações. “Pote” era o melhor nesta fase, com um GoalPoint Rating de 5.9, essencialmente pelo golo que marcou e pouco mais.

  • O “leão” continuou sem ideias no ataque e chegada a hora de jogo continuava sem mais nenhum remate, embora dominando. Só o Santa Clara registava um disparo no segundo tempo e já sete cantos, contra apenas um dos da casa. A atitude desabrida dos visitantes notava-se nas 14 acções defensivas no meio-campo contrário, mais do dobro das do Sporting (5).

  • Mais para a frente no jogo, por volta dos 70 minutos, o Sporting começou a aproximar-se mais da baliza contrária, registando o seu segundo canto e o seu terceiro remate e o seu segundo enquadrado. Nesta fase, o Santa Clara já pressionava em todo o terreno, dificultando a primeira fase de construções dos anfitriões.

  • Não seria surpresa se o Santa Clara marcasse, e marcou mesmo. Aos 84 minutos, Jean Patric cruzou da esquerda, a bola chegou aos pés de Rui Costa que, ao sexto remate dos açorianos na partida, fez golo, num disparo sem hipóteses para Antonio Adán. E de repente, o líder via-se numa situação complicada na partida.

  • O Santa Clara não desistiu de procurar novo golo e a vitória, continuou a pressionar e a atacar, mas contra a corrente de jogo, já dentro do último minuto de compensação, o Sporting chegou à vitória. João Mário, na direita da grande área, cruzou tenso e Sebastián Coates vestiu novamente a “capa de herói” e cabeceou para o 2-1. E pouco depois terminou o jogo.

[ O Santa Clara foi tudo menos uma equipa encolhida ]

GoalPoint-Sporting-Santa-Clara-Liga-NOS-202021-pass-network
Clique para ampliar

O melhor em campo GoalPoint👑

Coates foi novamente herói. Há dias escrevemos um artigo que realçava o facto de o central estar a fazer uma grande época, tendo sido Jogador do Mês de Fevereiro, sem recorrer à falta. Frente ao Santa Clara cometeu a primeira infracção desde Janeiro, mas foi no ataque que o uruguaio foi decisivo, ao marcar o golo da vitória leonina já no fim do tempo de compensação. Melhor em campo com um GoalPoint Rating de 7.7, Sebastián rematou duas vezes, uma delas enquadrada, criou uma ocasião flagrante de golo, somou cinco acções com bola na área contrária, ganhou os quatro duelos aéreos ofensivos e fez três intercepções.

Jogadores em foco 🔺🔻

  • João Mário 6.5 – O médio tem sido um dos mais importantes jogadores da equipa leonina nesta caminhada invicta e, desta feita, foi mesmo decisivo, ao fazer a assistência para o golo de Coates. No final registou três passes para finalização, três passes ofensivos valiosos, completou 89% dos passes e fez três desarmes.

  • Lincoln 6.1 – O melhor elemento dos açorianos. O médio empresta um critério diferente aos lances em que participa, mas também ajuda defensivamente, tendo feito nove recuperações de posse, três acções defensivas no meio-campo contrário, três intercepções e outros tantos bloqueios de passe/cruzamento.
  • Pedro Gonçalves 5.9 – Mais um golo, o 15º na Liga, abrindo o activo nesta partida. “Pote” rematou duas vezes, uma só com boa direcção, somou quatro acções com bola na área forasteira e ainda oito recuperações de posse. Não brilhou, mas foi fundamental.
  • Rui Costa 5.7 – O avançado de 25 anos, que em Janeiro chegou oriundo dos espanhóis do Deportivo La Coruña, fez o seu primeiro golo na Liga portuguesa. Um facto que merecia, naturalmente, festejo, mas para Rui Costa acabou por ser cruel, pois o seu tento de nada valeu à sua equipa. Nos 62 minutos que esteve em campo fez dois remates e completou duas de três tentativas de drible.
  • Bruno Tabata 5.5 – Uma das novidades na equipa titular do Sporting, o brasileiro começou bem, ao fazer a assistência para o golo de Pedro Gonçalves. Esteve discreto no resto do jogo, um pouco como toda a equipa leonina, pelo que o destaque vai ainda para seis recuperações de posse e quatro faltas sofridas, duas em zona de perigo.
  • João Palhinha 5.5 – Jogo menos conseguido por parte da estrela leonina, ainda assim completou 90% dos 42 passes que realizou, todos os cinco longos, ganhou os três duelos aéreos defensivos em que participou e somou sete acções defensivas.

GoalPoint
GoalPoint
O GoalPoint.pt é um site produzido pela GoalPoint Partners, uma start-up especializada em análise estatística de futebol, que oferece serviços dirigidos a profissionais, media, patrocinadores/anunciantes e adeptos.