Numa fase da Liga em que todas as vitórias são cruciais o Sporting bateu o União da Madeira por 2-0 num jogo que ficou resolvido antes mesmo dos 20 minutos de jogo, com golos de Teo Gutiérrez e João Mário, ambos oferecidos por Marvin Zeegelaar, garantindo de imediato a presença directa na próxima edição da Liga dos Campeões.

Sporting vs União da Madeira - Liga NOS 2015/16
Clique na infografia para ampliar (infografia: GoalPoint)

Os números não enganam: apesar da rotatividade inicial e do resultado final o União foi tudo menos uma presa submissa perante um “leão” que voltou a ser eficaz, como se exige a um candidato. Os “leões” concretizaram dois dos cinco remates que enquadraram com a baliza de Gudiño, apenas mais um que os insulares, que até obrigaram Patrício a somar mais defesas (4) do que o guardião visitante. Os dois golos vespertinos e a segurança de Patrício foram essenciais ao jogo tranquilo e “frio” dos “verde-e-brancos”, que na próxima jornada visitam o Dragão sem terem visto qualquer cartão amarelo nesta jornada.

A segunda parte seria sobretudo de… gestão. Apesar de Adrien ainda colocar uma bola no poste dos madeirenses o Sporting enquadrou apenas um remate, com Slimani a ser protagonista pela negativa: o argelino não enquadrou nenhum dos três remates que efectou neste encontro. Apesar da toada “morna” o jogo acabou por oferecer elevados índices de produtividade por parte dos “leões”, com seis jogadores da casa a recolherem ratings acima dos 6.0.

Zeegelaar faz de… Jefferson

Num jogo em que Jefferson mais uma vez ficou de fora das opções de Jesus o papel de lateral-esquerdo com apetência para a oferta de golos ficou a cargo de Marvin Zeegelar e logo com dois passes para golo. O holandês foi o “leão” mais produtivo em campo não apenas pelos dois “presentes” mas também pela elevada produção defensiva e eficácia nos duelos, ganhando nove dos 12 que disputou.

Do lado dos unionistas o destaque maior ficou também para o lateral-esquerdo e logo um que já equipou de “leão” ao peito: Joãozinho ofereceu três das seis ocasiões de golo dos visitantes, dando sequência aos bons números que vem registando nesta Liga, já anteriormente destacados pelo GoalPoint.

Nota: Os GoalPoint Ratings resultam de um algoritmo proprietário desenvolvido pela GoalPoint que pondera exclusivamente o desempenho estatístico dos jogadores ao longo da partida, sem intervenção humana. Clique para saber mais.

> NA PRÓXIMA PÁGINA: O JOGO COMO O VIMOS