GoalPoint-Suécia-Suíça-WC2018-Ratings
Clique para ampliar
GoalPoint-Suécia-Suíça-WC2018-MVP
Clique para ampliar
GoalPoint-Suécia-Suíça-WC2018-90m
Clique para ampliar

A Suécia apurou-se para os quartos-de-final do Mundial 2018. A formação nórdica bateu a Suíça por 1-0, num jogo em que foi dominada em termos de posse de bola, mas foi sempre muito perigosa nas transições. O golo de Emil Forsberg no segundo tempo foi o suficiente para assegurar uma vantagem, que foi depois assegurada com uma grande coesão defensiva. A Suécia chega aos quartos-de-final pela primeira vez desde 1994.

A primeira parte não trouxe golos, mas não faltou intensidade e capacidade competitiva às duas equipas. Os suecos começaram melhor, atrevidos, mas a conhecida predilecção suíça por ter a bola acabou por ditar leis, com um domínio claro na posse ao intervalo (66%). No entanto, a velocidade sueca manteve sempre os helvéticos alerta, chegando as duas formações ao descanso com sete remates cada uma, mas com os nórdicos a registarem uma ocasião flagrante, desperdiçada por Albin Ekdal. Aliás, o melhor em campo no primeiro tempo foi o sueco Mikael Lustig, com um rating de 6.0.

As transições suecas acabaram mesmo por dar resultado, já no segundo tempo. Aos 66 minutos, Emil Forsberg flectiu para o meio e rematou para o 1-0, com a bola a desviar ainda em Manuel Akanji. Um golo que surgiu quando os nórdicos registavam apenas 36% de posse de bola no segundo tempo, e aconteceu ao 11º remate, segundo enquadrado, enquanto a dominadora Suíça não passava dos oito disparos.

A turma helvética reagiu de pronto, chegando rapidamente aos 12 remates, por volta dos 80 minutos, e aos dez pontapés de canto, contra apenas dois dos suecos. Porém, os suecos não tiveram problemas em recuar as suas linhas e tirar quaisquer espaços para os suíços criarem perigo – excepto para um cabeceamento de Haris Seferovic para defesa de Robin Olsen, perto do final.

O melhor em campo acabou por ser o lateral-esquerdo suíço, Ricardo Rodríguez. O jogador do Milan registou um GoalPoint Rating de 8.0, com quatro remates, dois deles enquadrados, três passes para finalização, quatro cruzamentos eficazes em 11 tentativas e dois dribles completos.

GPR-contest-World-Cup-2018-leaderboard-1