A noite de terça-feira na Liga dos Campeões trouxe poucas ou nenhuma surpresas. Um dos factos relevantes acabou por ser o desempenho colectivo da AS Roma. A formação transalpina ganhou ao CSKA, na capital italiana, por 3-0, o seu ponta-de-lança, Edin Džeko, bisou na partida, fez uma assistência e foi o melhor em campo, com um rating de 8.7. Mas desengane-se quem pensa que foi apenas o bósnio a brilhar.

GoalPoint-Roma-CSKA-Champions-League-201819-MVP
O desempenho de Edin Džeko (clique para ampliar)

No Olímpico de Roma, os jogadores da casa realizaram uma exibição de grande nível, em termos colectivos e individuais. É raro, muito raro, assistirmos a uma partida em que dez dos 11 jogadores titulares de uma das formações registaram GoalPoint Ratings iguais ou superiores a 6.0. Mas foi isso mesmo que aconteceu. Talvez devido à pouca pontaria dos jogadores do CSKA (apenas quatro remates enquadrados em 13), o guarda-redes da Roma, Robin Olsen, foi o único dos titulares dos homens da casa a não atingir o 6.0, ficando-se pelo 5.8.

Todos os outros tiveram direito a nota “a amarelo”, como pode conferir na infografia do jogo, que recuperamos em cima. O 7.4 de Alessandro Florenzi é outro dos destaques do encontro, com o lateral a integrar-se no ataque para realizar três remates e dois passes para finalização, e há também o 6.9 de Stephan El Shaarawy, com quatro remates, todos enquadrados, e uma assistência.

GoalPoint-Roma-CSKA-Champions-League-201819-Ratings
Os “ratings” do Roma-CSKA (clique para ampliar)

Em suma, todos os titulares da Roma realizaram exibições muito positivas, com desempenhos individuais consistentes e acções que contribuíram decisivamente para o triunfo da sua equipa.