GoalPoint-Tottenham-Liverpool-English-Premier-League-201920-Ratings
Clique para ampliar

O Liverpool foi a Londres vencer o Tottenham, de José Mourinho, por 1-0 e aumentar para 16 pontos a vantagem sobre o segundo classificado Leicester, que este sábado perdeu em casa por 2-1 com o Southampton – os “reds” têm ainda um jogo a menos.

O triunfo assentou sobretudo na primeira parte, na qual os campeões europeus foram claramente superiores, em especial no que toca à posse de bola. Os comandados de Jürgen Klopp chegaram ao intervalo com 73% de posse e superioridade ofensiva, com oito remates, três deles enquadrados, contra seis disparos dos “spurs” (um à baliza). Numa das tentativas dos forasteiros, numa bela jogada de tabelas, Roberto Firmino (37′) trabalhou bem na grande área e “fuzilou” Gazzaniga de pé esquerdo, naquele que acabaria por ser o tento decisivo.

O Tottenham melhorou bastante no segundo tempo, conseguindo aumentar para 38% a posse de bola, e construindo alguns lances vistosos, ao ponto de registar mais remates (8) que os “reds” (5), embora menos um enquadrado (3-4). O certo é que o jogo terminou com o Liverpool tudo menos seguro na partida, e os “spurs” a criarem jogadas de perigo, dando a sensação de que o empate era possível. Mas acabou por não acontecer, também por culpa de Alisson. Aliás, os dois guarda-redes estiveram muito bem e somaram o segundo e terceiro ratings.

O melhor em campo foi Roberto Firmino. O brasileiro registou um GoalPoint Rating de 7.9, com um golo em quatro remates (três enquadrados), mas também quatro passes para finalização e um drible eficaz.